Efeito de inibidores de peptidases isolados de plantas brasileiras na contração muscular e na mobilização de Ca2+

Efeito de inibidores de peptidases isolados de plantas brasileiras na contração muscular e na mobilização de Ca2+

Título alternativo Effect of peptidases inhibitors from plants on Ca2+ release and contractile response of intestinal smooth muscle
Autor Andrade, Sheila Siqueira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sampaio, Misako Uemura Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo BbKl é um inibidor de calicreína plasmática humana (Klapp=2.4 x10-9 M) estraído a partir das sementes de Bahinina bauhinioides. A calicreína libera, a partir do cininogênio de alta massa molecular, o peptídeo pro-inflamatório, bradicinina (BK), que atua no receptor de membrana denominado B2. A sequência do sítio reativo de BbKl é similar à sequência do domínio 4 do cininogênio que contém BK. O efeito de BbKl foi analisado em modelo de concentração no músculo liso e sobre o influxo de Ca2+, utilizando a BK como controle. Ca2+ é um segundo mensageiro que participa de numerosos fenômenos celulares e sua concentração intracelular é controlada por inúmeros mecanismos. Estoques de cálcio e concentração muscular foram medidos simultaneamente por fluorescência e tensão utilizando a musculatura lisa incorporada com Fura-2AM e o agonista muscarínico, também foi utilizado como controle na liberação de cálcio. Nesses estudos utilizamos o antagonista seletivo do receptor B2, HOE-140, e o antagonista do receptor B1[des-Arg10]-HOE-140. BbKl (1.86uM) foi capaz de mobilizar o íon cálcio 74,67 por cento, efeito semelhante ao de BK (2.0 uM), e também verificamos efeito significante na contração muscular. A habilidade de BbKl contrair e mobilizar Ca2+ foi eficazmente inibida por HOE-140 (3 uM), mas não por [des-Arg10]-HOE-140. O envolvimento do receptor B2 foi confirmado quando utilizamos animais B2 knockout. O mesmo efeito foi observado usando o sítio reativo de BbKl, peptídeo esse que demonstrou resistência à hidrólise pela enzima conversora de angiotensina (ECA). A imagem em microscopia confocal mostrou que BbKl-Alexa Fluor 488 está co-localizado com o marcador de citosol Cell Trace, indicando a internalização da proteína..
Assunto Peptídeo Hidrolases
Inibidores de proteases
Idioma Português
Data 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 176 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 176 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10263

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta