Ultra-som e laser de baixa intensidade no reparo de lesão parcial do tendão calcâneo em ratos

Ultra-som e laser de baixa intensidade no reparo de lesão parcial do tendão calcâneo em ratos

Título alternativo Ultrasound and low-level laser therapy on repair of calcaneus tendon partial lesion in rats
Autor Wood, Viviane Timm Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Hochman, Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional - São Paulo
Resumo Introdução: O tratamento das lesões de tendão calcâneo requer longos períodos de reabilitação. O ultra-som (US) e o laser são os recursos mais utilizados e estudados para tratar estas lesões; porém, é escasso o estudo da utilização desses agentes de forma combinada. Objetivo: Avaliar o ultrasom e o laser de baixa intensidade, no reparo de lesão parcial do tendão calcâneo em ratos. Métodos: Os 50 ratos machos Wistar tiveram seus tendões calcâneos parcialmente lesionados por um trauma direto e foram distribuidos aleatoriamente em 5 grupos: Grupo 1-Controle, 2-US, 3-laser, 4-US+ laser e 5- laser +US. Foram tratados por 5 dias consecutivos e no 6° dia pós lesão os tendões foram removidos e avaliados quanto ao alinhamento das fibras (birrefringência) e quantidade de colágeno tipo I e III (picrosirius). Resultados: o grupo US apresentou melhor alinhamento das fibras de colágenos que o grupo controle (p=0,03). Os grupos US, laser e laser +US apresentaram maior quantidade de colágeno tipo I que o controle (p<0,01, p=0,01 e p<0,01 respectivamente). Não houve diferença entre os grupos tratamento entre si para nenhuma das avaliações. A avaliação para colágenos tipo III não apresentou diferença para nenhum dos grupos. Conclusão: O ultra-som terapêutico e a terapia laser de baixa intensidade foram eficazes no processo de reparo de lesão parcial do tendão calcâneo em ratos. O ultra-som promoveu maior alinhamento das fibras de colágeno. O ultra-som, o laser, e a combinação laser+ultra-som aumentaram a quantidade de colágeno tipo I na região da lesão.

Background: The treatment of calcaneous tendons ruptures demands long-term rehabilitation. The ultrasound (US) and the low level laser therapy (LLLT) are the most applied and studied physical agents to treat this kind of injuries; however, only a few studies examined the combination of both physical agents. Objective: Evaluat the effects of the US and LLLT in the tendon healing in rats. Methods: Fifty male Wistar rats underwent lesion caused by direct trauma on their calcâneus tendon were randomly assigned into 5 groups: group 1 (control), group 2 (US), group 3 (LLLT), group 4 (US+LLLT) and group 5 (LLLT+US). Animals were treated for 5 consecutive days. On the 6th day after lesion, tendons were removed and assessed under polarized light microscopy. The organization of collagen fibers was detected and measured through birefringence. The collagen type predominance in the calcaneous tendons was assessed through the picrosirius analysis. Results: The group 2 (US) when compared with controls showed an increase in collagen organization (p=0.03). Groups 2 (US), 3 (LLLT) and 5 (LASER+US) revealed increase of the type I collagen synthesis when compared to control (p<0.01, p=0.01 and p<0.01, respectively). No differences were found among the treatment groups. The type III collagen did not show differences in any of the groups. Conclusion: The US and the LLLT are effective on tendon healing in rasts. The US increase collagen organization. The US, the LLLT and the combination of LLLT+US increase type I collagen synthesis.
Assunto Ultrassom
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Tendão do Calcâneo
Birrefringência
Colágeno
Idioma Português
Data 2009
Publicado em WOOD, Viviane Timm. Ultra-som e laser de baixa intensidade no reparo de lesão parcial do tendão calcâneo em ratos. 2009. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2009.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 113 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10395

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-10395.pdf
Tamanho: 2.349Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta