Investigação e controle de epidemia de escabiose: uma experiência educativa em aldeia indígena

Investigação e controle de epidemia de escabiose: uma experiência educativa em aldeia indígena

Título alternativo Investigation and control of scabies epidemics: an educative experience in an indigene village
Autor Lofredo, Sonia Maria Google Scholar
Oliveira, Cândida Bernadete de Google Scholar
Rodrigues, Douglas Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Isabel Maria Teixeira Bicudo Google Scholar
Maeda, Solange Miki Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição FUNAI Departamento de Saúde
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo This work reports on an epidemic of scabies in a village of the tribe Panará, located in Xingu, Mato Grosso, Brazil. The educational strategies utilized and the difficulties found to obtain the adhesion of the comunity for the therapeutics actions, essentials to the control of the epidemic are discussed. These strategies, based on an conceptual framework for education in health rooted on the respect for the knowledge, values and necessities of the group, considered the participation of the comunity an essential element for the the adjustment of the initial plan. The actions and combined decisions of health profissionals, local leaderships and target population, made possible the investigation and the control of the epidemic.

Este trabalho refere-se ao controle de uma epidemia de escabiose em aldeia da tribo Panará, localizada no Xingu, Estado do Mato Grosso, Brasil. Descreve as dificuldades encontradas, decorrentes das diferenças culturais entre os investigadores e a população, o processo de conscientização do problema e a participação de toda comunidade no controle da epidemia de escabiose. Relata estratégias de cunho educativo utilizadas e as dificuldades encontradas para conseguir a adesão da comunidade às ações terapêuticas, essenciais ao controle e eliminação da epidemia. Essas estratégias, alicerçadas no ideário da educação em saúde e de respeito aos conhecimentos, valores e necessidades do grupo, previam a participação da comunidade como elemento essencial à consecução dos objetivos dos profissionais de saúde. Elas determinaram o redirecionamento do plano de ação inicial que, por meio de ações conjuntas dos profissionais de saúde, lideranças locais e população alvo, permitiu investigar e controlar a situação inicialmente encontrada.
Assunto Brazilians indians
epidemic
scabies
health community agent
health promotion
health education
índios
epidemia
escabiose
agente comunitário de saúde
promoção da saúde
educação em saúde
Idioma Português
Data 2001-07-01
Publicado em Saúde e Sociedade. Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública., v. 10, n. 1, p. 65-86, 2001.
ISSN 0104-1290 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
Extensão 65-86
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902001000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-12902001000100006 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1201

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-12902001000100006.pdf
Tamanho: 62.38Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta