Custo-efetividade de programa de educação para adultos asmáticos atendidos em hospital-escola de instituição pública

Custo-efetividade de programa de educação para adultos asmáticos atendidos em hospital-escola de instituição pública

Título alternativo Cost-effectiveness of an education program for asthmatic adults of a public university hospital
Autor Oliveira, Maria Alenita De Autor UNIFESP Google Scholar
Muniz, Maria Tereza Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Lucia Ande Autor UNIFESP Google Scholar
Faresin, Sonia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Fernandes, Ana Luisa Godoy Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The direct costs incurred in managing patients with poorly controlled asthma are high and educational programs could decrease these costs. Aim: The objectives of this study were to compare the direct cost of the implementation of an educational program for adult asthmatic patients with the cost of the usual care delivered to asthmatics by specialists. Methods: Five years ago, a six-month study demonstrated that an educational program improved clinical outcomes (22 in educational program-E and 20 patients in control group-C). Throughout the educational intervention period all cases of hospitalization, emergency and regular calls involving patients from both groups were recorded. The basis for the values utilized in the calculation of costs was the healthcare database of the Brazilian government (DATASUS). The overall medication cost/patient in both groups was based on the amount of medication taken during the month preceding the last call. The final values were converted into US dollars. Results: The mean direct cost/patient in the educational (E) and control (C) groups and the difference (delta) between groups were: hospitalizations (C = US$ 183, E = 0, delta = US$ 183); emergency calls (C = US$ 14,E = US$ 5, delta = US$ 9); regular calls (C = US$ 10, E = US$ 24, delta = -US$ 14); medication (C = US$ 124,3, E = US$ 195,6, D </FONT > or =-US$ 71,3). The total cost was US$ 33/patient in group C and US$ 224/patient in group E with an average cost saving of US$ 107/patient. Conclusion: The expenses with medication is higher in E group because the regular use of maintenance drugs, however the study suggested that the application of the asthma education program reduced the total direct costs of asthma.

Introdução: A asma pouco controlada acarreta custo econômico substancial para o sistema de saúde, principalmente, decorrente de gastos diretos. Programas de educação podem levar à redução desses custos. Objetivo: Avaliar os custos econômicos diretos resultantes da implantação de um programa de educação para asmáticos quando comparado com o atendimento usual especializado. Método: Foram calculados, retrospectivamente, e comparados os custos diretos de um programa de educação e do atendimento usual ao asmático. As hospitalizações, visitas ao pronto-socorro e visitas ambulatoriais, em ambos os grupos, foram registradas durante o período da intervenção educacional. Os valores utilizados para o cálculo desses custos foram baseados nos dados disponíveis no banco de dados do Datasus de 1996. O custo total com medicação/paciente no grupo educação (E) e controle (C) foi baseado no consumo de medicação durante o mês anterior à ultima visita e estimado pelo guia farmacêutico de fevereiro de 1996. Os valores finais foram convertidos em US dólar. Resultados: O custo médio direto em US dólar por paciente (US$) dos grupos C e E e a diferença de custos (delta) entre os dois foram, respectivamente: para hospitalizações - US$183, US$0, delta = $183; visitas ao PS - US$14, US$ 5, delta = US$9; visitas ambulatoriais agendadas - US$10, US$24, delta = -US$14; medicações - US$124,3, US$195,6, delta = -US$71,3. O custo total foi de US$331 para o grupo C e US$224 para o grupo E, o que permitiu redução de gastos da ordem de US$107/paciente do grupo educação em relação ao controle. Conclusão: No grupo educação o custo total com medicamentos é superior ao observado no grupo controle, refletindo maior gasto com medicação de prevenção. Entretanto, a implantação do programa de educação leva a redução dos gastos com hospitalização e visitas ao PS, o que diminui os custos totais e torna o programa economicamente atrativo.
Assunto Asthma
Cost-benefit
Patient education
Asma
Análise custo-benefício
Educação do paciente
Idioma Português
Data 2002-04-01
Publicado em Jornal de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 28, n. 2, p. 71-76, 2002.
ISSN 0102-3586 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 71-76
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35862002000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-35862002000200003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1409

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-35862002000200003.pdf
Tamanho: 259.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta