Evaluation of alcohol outlet density and its relation with violence

Evaluation of alcohol outlet density and its relation with violence

Título alternativo Avaliação da densidade de pontos de vendas de álcool e sua relação com a violência
Autor Laranjeira, Ronaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Hinkly, David Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: The current study set out to investigate alcohol availability in a densely populated, residential area of suburban São Paulo associated with high levels of social deprivation and violence. Gun-related deaths and a heavy concentration of alcohol outlets are notable features of the area surveyed. Given the strong evidence for a link between alcohol availability and a number of alcohol-related problems, including violent crime, measures designed to reduce accessibility have become a favored choice for alcohol prevention programs in recent years. METHODS: The interviewers were 24 residents of the area who were trained for the study. It was selected an area of nineteen streets, covering a total distance of 3.7 km. A profile of each alcohol outlet available on the area was recorded. RESULTS: One hundred and seven alcohol outlets were recorded. The number of other properties in the same area was counted at 1,202. Two measures of outlet density may thus be calculated: the number of outlets per kilometer of roadway (29 outlets/km); and the proportion of all properties that sold alcohol (1 in 12). CONCLUSIONS: The results of this study is compared with others which are mainly from developed countries and shown that the area studied have the highest density of alcohol outlet density ever recorded in the medical literature. The implication of this data related to the violence of the region is discussed. By generating a profile of alcohol sales and selling points, it was hoped to gain a better understanding of alcohol access issues within the sample area. Future alcohol prevention policy would be well served by such knowledge.

OBJETIVOS: Devido às fortes evidências de ligação entre disponibilidade de álcool e números de problemas a ele relacionados, inclusive crimes violentos, medidas para reduzir o acesso ao álcool têm sido escolhidas em programas de prevenção. Ao obter informações sobre as vendas de álcool e os locais de venda, buscou-se investigar a disponibilidade de bebidas alcoólicas em uma região densamente povoada e melhorar o entendimento sobre o acesso a essa substância, para que ações preventivas futuras possam beneficiar-se dessas informações. MÉTODOS: O estudo foi realizado em uma região do Município de São Paulo, SP, Brazil. Foram treinados 24 entrevistadores, moradores da região, para fazerem a coleta de dados. Foi selecionada uma área de 19 ruas, cobrindo uma distância de 3.7 km. Foi feito um perfil de cada ponto de venda de bebidas alcoólicas dessa região. RESULTADOS: Foram registrados 107 pontos de venda de álcool. O número de outras propriedades nessa região foi de 1.202. Duas medidas de densidade de pontos de venda podem ser calculadas: número de pontos de venda por kilômetro de rua (29 pontos/km) e proporção de todas as propriedades de venda de álcool (1 em 12). CONCLUSÕES: Comparado a estudos internacionais principalmente de países desenvolvidos, a área estudada tem a mais alta densidade de pontos de vendas de álcool registrada na literatura médica. As informações sobre as vendas de álcool e os locais de venda contribuíram para melhorar o entendimento do acesso ao álcool na região estudada. Ações preventivas futuras poderão beneficiar-se dessas informações.
Assunto Alcoholic beverages
Violence
Commerce
Metropolitan zones
Poverty areas
Public health
Bebidas alcoólicas
Violência
Comércio
Zonas metropolitanas
Áreas de pobreza
Saúde pública
Idioma Inglês
Data 2002-08-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 36, n. 4, p. 455-461, 2002.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 455-461
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102002000400011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89102002000400011 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1489

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89102002000400011.pdf
Tamanho: 113.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta