O papel do GH, da IGF-I e das proteínas plasmáticas no estresse e na evolução pós-operatória de crianças cardiopatas

O papel do GH, da IGF-I e das proteínas plasmáticas no estresse e na evolução pós-operatória de crianças cardiopatas

Autor Leite, Heitor Pons Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fisberg, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Em criancas cardiopatas submetidas a cirurgia cardiaca o hipercatabolismo resultante do estresse cirurgico impoe um risco adicional de complicacoes, principalmente quando incide sobre um organismo previamente desnutrido. Considerando-se que as alteracoes do equilibrio hormonal e das proteinas plasmaticas consequentes ao estresse cirurgico tem sido pouco estudadas em criancas portadoras de cardiopatias congenitas, realizou-se um estudo prospectivo com os seguintes objetivos: 1- Determinar os niveis sericos de IGF-I e sua relacao com o GH, em criancas portadoras de cardiopatias congenitas; 2- Avaliar a resposta sequencial dos parametros hormonais - IGF-I, GH basal e cortisol - e inflamatorios - proteina C reativa e pre-albumina, no periodo pos-operatorio de cirurgia cardiaca; 3- Testar a hipotese de que o grau estresse metabolico esta associado a evolucao e ao prognostico no periodo pos-cirurgico
Assunto Estresse fisiológico
Cirurgia torácica
Fator de crescimento Insulin-Like I
Hormônio do crescimento
Proteína C-reativa
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 136 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 136 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15206

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta