Estudo comparativo histologico e morfometrico de biopsias do intestino delgado em criancas, obtidas por capsula de succao e por pinca endoscopica

Estudo comparativo histologico e morfometrico de biopsias do intestino delgado em criancas, obtidas por capsula de succao e por pinca endoscopica

Autor Ciaglia, Tania Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A biopsia o intestino delgado e extremamente importante na avaliacao diagnostica e terapeutica de Enteropatias em criancas, principalmente na Doenca Celiaca na qual e essencial para o diagnostico. O metodo padrao empregado rotineiramente para a obtencao de especimes de mucosa intestinal na maioria dos servicos de Gastroenterologia Pediatrica e o de biopsia por capsula de succao. Esse metodo, consolidado desde a decada de 60, fornece fragmentos adequados para a analise histologica, entretanto, alem de demorado, tem alto indice de falha tecnica e requer controle radiologico para localizacao da capsula. A biopsia do intestino delgado por pinca endoscopica, embora muito usada em adultos, permanece, ainda, controversa e de uso limitado em criancas. Este trabalho realizou um estudo comparativo histologico e morfometrico de biopsias do intestino delgado de criancas com Enteropatia, com a finalidade de avaliar a qualidade e a adequacao histologica dos especimes obtidos. Foram submetidas a analise histologica 157 biopsias do intestino delgado obtidas por capsula de succao e 84 biopsias obtidas por pinca endoscopica. Avaliou-se a orientacao do fragmento, a profundidade, a extensao, a presenca de glandulas de Brunner e a presenca de artefato de esmagamento, sendo os especimes, posteriormente, graduados qualitativamente em otimo, bom, regular ou ruim. A analise morfometrica foi realizada em 86 biopsias por capsula e em 58 biopsias endoscopicas, medindo a espessura total da mucosa, a altura das vilosidades e a extensao da zona criptica. As biopsias obtidas por capsula de succao e as obtidas por pinca endoscopica foram adequadas para interpretacao histologica, respectivamente, em 82,16 % ( 26,11% consideradas ootimaso ) e em 96,43 % ( ootimaso em 42,86% ), sendo estas diferencas estatisticamente significantes. A analise morfometrica demonstrou que a espessura total da mucosa, assim como a altura das vilosidades diminuem e a extensao da zona criptica aumenta, quanto maior o grau de Enteropatia, sendo que os graus extremos assemelham-se entre si, ou seja, o grau 0 foi semelhante ao grau I e o grau III semelhante ao grau IV. Ambos os metodos fornecem material apropriado para diagnostico anatomo-patologico, porem, os especimes de mucosa obtidos por pinca endoscopica, comparados aos obtidos por capsula de succao, foram melhores e mais adequados para exame histologico
Assunto Intestino Delgado
Biópsia
Endoscopia
Histologia
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 85 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 85 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15215

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta