Índice orientador do tratamento sistêmico da prenhez ectópica íntegra com metotrexato em dose única (50mg/m2) por via intramuscular

Índice orientador do tratamento sistêmico da prenhez ectópica íntegra com metotrexato em dose única (50mg/m2) por via intramuscular

Autor Elito Junior, Julio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Camano, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Foi realizado estudo prospectivo em 42 pacientes com diagnostico de prenhez ectopica integra, com o desiderato de elaborar um indice orientador do tratamento sistemico com dose unica de metotrexato (50 mg/m2) por via intramuscular. Os principais criterios de inclusao desta conduta foram o diametro da massa anexial igual ou inferior a 5,0 cm, desejo de gravidez futura e o consentimento para participar do estudo. Foram excluidas as com supressao da medula ossea, doenca renal ou hepatica e as com indicacao da conduta expectante (queda dos titulos de beta-hCG superior a 15% num intervalo de 24 horas, sem ter sido feita nenhuma terapeutica). As pacientes foram tratadas com dose unica de metotrexato (50 mg/m2) por via intramuscular em regime de internacao hospitalar. O acompanhamento se fez atraves de dosagens de beta-hCG, realizadas no momento da ministracao da droga, no quarto e no setimo dia apos o emprego do quimioterapico. Quando ocorreu a queda dos titulos de beta-hCG acima de 15%, apurados no 4º e no 7º dia, tiveram alta hospitalar e seguimento ambulatorial com dosagens semanais de beta-hCG ate niveis inferiores a 5mUI/ml, situacoes estas que consideramos sucesso da terapeutica. Foi elaborado um indice orientador do tratamento sistemico com metotrexato, baseado nos cinco seguintes parametros: (1) valores iniciais de beta-hCG; (2) aspecto da imagem a ultra-sonografia (hematossalpinge, anel tubario, embriao vivo); (3) maior diametro da massa anexial; (4) volume de liquido livre; (5) fluxo vascular atraves do Doppler colorido. Cada parametro recebeu pontuacao de 0 a 2. Representando a nota zero elemento de prognostico ruim, a nota dois destinada a parametros favoraveis e a nota um para situacoes intermediarias. O indice de sucesso com a dose unica foi de 69,0% (29/42 pacientes). Os valores iniciais de beta-hCG foram inferiores a 1.500 mUI/ml em 24 pacientes e destas 87,5% evoluiram com sucesso; por outro lado, valores superiores a 5.000 mUI/ml ocorreram em 9 casos, com apenas 22,2% de exito. O aspecto ultra-sonografico de hematossalpinge ocorreu em 23 casos, com sucesso de 95,6%, anel tubario em 15 casos com resultados favoraveis em 46,7% e a presenca de embriao vivo em 4 pacientes, sendo que todos evoluiram com insucesso. A media do diametro da massa anexial nos casos de sucesso foi de 3,53 cm; nos que fracassaram foi 3,94 cm. A presenca de liquido livre em quantidade discreta foi observada em 37 pacientes, com sucesso de 78,4%, enquanto quantidades moderadas ou acentuadas ocorreram em 5 casos e todos evoluiram com fracasso. A ultra-sonografia transvaginal com Doppler colorido foi realizada em 20 das 42 pacientes, sendo que neste grupo o sucesso ocorreu em 75,0% dos casos (15/20). Foi visibilizado Doppler de baixo e medio risco em 16 casos, com sucesso de 93,8%, enquanto o Doppler de alto risco foi verificado em 4 pacientes e nenhuma evoluiu com sucesso. Nas 22 pacientes que nao fizeram o Doppler colorido a media das notas do indice nos casos de sucesso foi de 6,6 e no insucesso 3,1. No grupo que realizou o Doppler (20 pacientes) a media foi de 7,9 no sucesso e 4,2 no fracasso. No presente estudo a nota corte foi cinco, pois a maioria das pacientes com nota superior a 5 evoluiram com sucesso (15/16-93,75%), enquanto notas inferiores ou iguais a cinco estiveram mais relacionadas com o fracasso (4/5-80%). O indice orientador ajuda-nos a indicar os melhores casos para o tratamento medicamentoso. Nao o aconselhamos, portanto, quando a nota for inferior ou igual a cinco; por outro lado, podemos predizer boa evolucao do tratamento, quando a nota for superior a cinco
Assunto Gravidez ectópica
Metotrexato/uso terapêutico
Injeções intramusculares
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 118 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15301

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta