Videoceratografia e ceratocone no pre-operatorio da cirurgia refrativa incisional

Videoceratografia e ceratocone no pre-operatorio da cirurgia refrativa incisional

Autor Silvestre, Cristiane Pedrollo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Com o objetivo de determinar a incidencia e a efiCiência da videoceratografia computadorizada na deteccao de suspeitos de ceratocone no pre-operatorio de pacientes miopes candidatos a cirurgia refrativa incisional, foram avaliados sequencialmente e de forma prospectiva, 128 candidatos, no periodo entre janeiro e junho de 1993. Quarenta e cinco pacientes eram do sexo masculino (35%) e 83 do sexo feminino (65%), com idade entre 21 e 42 anos (media 29,2 anos). Os pacientes foram submetidos a exame oftalmologico que constou de biomicroscopia, tonometria de aplanacao, oftalmoscopia indireta, refracao estatica, medida da acuidade visual sob cicloplegia, ceratometria e videoceratografia computadorizada (EyeSys Laboratories, Houston, TX). Todos os pacientes eram miopes e apresentaram acuidade visual com a melhor correcao melhor do que 20/30, erros de refracao sob cicloplegia que variaram entre -2,25 e -6,75 dioptrias de equivalente esferico (media -3,83 D) e astigmatismo ceratometrico menor do que 3,50 dioptrias (media 2,12 D). A classificacao do padrao topografico pre-operatorio dos dois olhos de todos os pacientes, foi realizada pelo mesmo examinador que nao possuia os dados referentes aos mesmos, utilizando o trabalho de BOGAN et al. (1990), em: corneas ovais, com astigmatismo ou com astigmatismo irregular. Para a suspeita de ceratocone, os parametros propostos por RABINOWITZ & McDONNELL (1988), foram utilizados: corneas com variacao maior que duas dioptrias no poder central entre ambos os olhos, ou ceratometria central maior do que 47,00 dioptrias, ou diferenca maior do que duas dioptrias nos tres milimetros centrais entre os hemisferios inferior e superior. Segundo os padroes de videoceratografia, 54 (21%) das corneas apresentaram-se esfericas, 105 (41%) com astigmatismo simetrico, 81 (32%) com astigmatismo assimetrico e 16 (6%) com padrao irregular. Sete pacientes (5,7%) foram determinados como suspeitos de ceratocone em ambos os olhos. A videoceratografia computadorizada como metodo de triagem mostrou-se eficiente na determinacao das corneas com suspeita de doenca ectasica. A incidencia de ceratocone observada foi maior do que o esperado na populacao geral
Assunto Córnea
Miopia
Ceratotomia Radial
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 70 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 70 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15371

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta