Please use this identifier to cite or link to this item: http://200.144.93.176/11600/15385
Title: Aspectos morfológicos e morfométricos da cicatrização de ferida aberta em pele de rato tratada com Plantago major
Authors: Martins, Dulce Maria Fonseca Soares [UNIFESP]
Salazar Cepeda, Santiago Rene [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Animais
Ratos
Cicatrização
Plantago major
Issue Date: 1997
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 1997. 124 p.
Abstract: O autor avaliou se a Plantago major, planta cosmopolita, muito frequente no Equador, conhecida como medicinal, e que vem sendo usada popularmente para o tratamento de multiplas doencas, entre as quais, a cicatrizacao, possui realmente esta propriedade. Por este conhecimento empirico da propriedade cicatrizante, o autor se propos a realizar um estudo morfologico e morfometrico da cicatrizacao de ferida aberta em pele de rato tratada com Plantago major. Inicialmente foi feito um estudo para determinar qual a melhor concentracao da planta (Plantago major) que deveria ser utilizada. Para tanto utilizou 30 ratos, onde realizou quatro feridas no dorso de cada animal, onde tres das quais foram tratadas com as doses de 1, 10 e 100 mg/ml de Plantago major e uma com solucao salina (controle). As solucoes foram colocadas, diariamente, nas lesoes e avaliada (area, aspecto e tipo de crosta) macroscopicamente no 3º, 7º, 14º e 21º dia de pos-operatorio. Foi realizado tambem um estudo histologico e contagem dos vasos sanguineos nos periodos anteriormente assinalados. Os resultados mostraram que todas as lesoes onde se utilizou a solucao de Plantago major a cicatrizacao foi mais rapida sendo que na dose de 100 mg/ml esta ocorre entre o 14º e o 21º dia de pos-operatorio. Microscopicamente as feridas tratadas com Plantago major (100 mg/ml) apresentaram tecido de granulacao mais desenvolvido, mais ordenado e com a formacao de vasos sanguineos mais precoce e ordenada. Foi observado ainda reepitelizacao mais precoce, quando as feridas foram tratadas com Plantago major. Os dados indicam que a solucao de Plantago major (100 mg/ml) apresenta atividade cicatrizante, atuando provavelmente nas varias etapas da cicatrizacao e tambem na proliferacao epitelial
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15385
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.