Estudo de ressonancia nuclear mafgnetica mostrando a presenca de siringomielia em pacientes portadores de escoliose considerada idiopatica

Estudo de ressonancia nuclear mafgnetica mostrando a presenca de siringomielia em pacientes portadores de escoliose considerada idiopatica

Autor Freitas, Antonio Andrade de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O autor avaliou 55 pacientes portadores de escoliose, considerada idiopatica, atraves da ressonancia nuclear magnetica. Encontrou 8 (14,5%) pacientes com exames alterados, todos com siringomielia. O autor enfatiza a importancia do uso da ressonancia nuclear magnetica nos pacientes portadores de escoliose idiopatica, para afastar a possibilidade da existencia de patologias primarias causadoras de escoliose como a siringomielia
Assunto Escoliose
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Siringomielia
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 64 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 64 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15391

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta