Sarcoma de Kaposi epidemico e classico- aspectos histopatologicos e imunohistoquimicos

Sarcoma de Kaposi epidemico e classico- aspectos histopatologicos e imunohistoquimicos

Autor Alonso, Cristiane Ramos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O Sarcoma de Kaposi (SK) e caracterizado morfologicamente por formacoes vasculares com predominancia de celulas endoteliais e proliferacao de celulas fusiformes contendo fendas vasculares. O exame histopatologico dos 45 casos de lesoes cutaneas de SK deste trabalho, sendo sete do tipo Classico (SKC), tres Epidemico nao associado a infeccao pelo HIV (virus da imunodefiCiência humana) (SKE HIV-) e 35 Epidemico associado a AIDS (Sindrome da ImunodefiCiência Adquirida) (SKE HIV+), mostrou nao haver diferencas morfologicas significativas entre eles. A celula endotelial e considerada um elemento chave na genese do SK. Atraves da reacao de imunoperoxidase, utilizando anticorpo anti-fator Von Willebrand, obteve-se positividade em mais de 85% em todos os tipos clinicos estudados, observada nas celulas fusiformes e endoteliais nas diferentes formas de SK, indicando a origem vascular sanguinea endotelial. Pesquisas descritas em literatura apontam a participacao de agentes infecciosos no desenvolvimento do SK. As reacoes de imunoperoxidase com os anticorpos anti-adenovirus, anti-citomegalovirus, anti-Epstein-Barr virus, anti-papillomavirus humano, anti-herpes virus tipo 1, anti-herpes virus tipo 2, anti-Bartonella quintana e anti-Bartonella hanselae foram negativas em todos os fragmentos dos 45 doentes estudados. Estes resultados indicam que tais agentes infecciosos nao sao diretamente responsaveis pela iniciacao ou pela manutencao do desenvolvimento do SK na amostra estudada. Modelos recentes sugerem a interacao do HIV no desenvolvimento do SKE HIV+. Foi testada a presenca do HIV nos 45 casos de SK, pela reacao de imunoperoxidase, utilizando o anticorpo anti-virus da imunodefiCiência humana (p24). A positividade foi evidente na intimidade do tumor, dentro de macrofagos e em celulas fusiformes de 17,1% (6/35) dos SKE HIV+ e em nenhum SKE HIV- e SKC. Estes achados dizem a favor da ligacao entre o HIV e as celulas do SKE HIV+
Assunto Humanos
Sarcoma de Kaposi
Fator de von Willebrand
Citomegalovirus
Herpesvirus Humano 4
Papillomaviridae
Humanos
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 90 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 90 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15437

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta