Transtorno obsessivo-compulsivo

Transtorno obsessivo-compulsivo

Autor Guedes, Maria Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Com o objetivo de analisar possiveis relacoes entre a severidade de sintomas de TOC e a intensidade do envolvimento de familiares nos comportamentos relacionados ao TOC e a extensao das alteracoes no cotidiano da familia foram utilizadas a escala Y-BOCS (Goodman e col, 1990; adaptacao brasileira, 1992) e a Escala de Acomodacao Familiar (Calvocoressi e col, 1995), em vinte e seis pacientes e vinte e seis familiares, respectivamente. Os pacientes diagnosticados pelo DSM IV eram atendidos pelo Programa de Disturbios Obsessivo-Compulsivos da UNIFESP (PRODOC). A Y-BOCS foi aplicada por um profissional com experiencia ou pelo proprio pesquisador, a Escala de Acomodacao Familiar foi aplicada pelo pesquisador e as respostas foram tambem registradas, de forma independente por outro observador com o objetivo de garantir confiabilidade no registro. O indice geral de confiabilidade, avaliado pelo coeficiente kappa, foi 82. Os resultados indicam que todas as familias apresentaram algum grau de acomodacao familiar. O coeficiente de correlacao Spearman-Brown entre grau de acomodacao e severidade do transtorno foi significante (rs=.41, sig=.003). Foram calculadas correlacoes tambem entre acomodacao familiar e: (a) grau de desgaste da familia (rs=.55, sig=.003); (b) tempo de convivio do familiar com o paciente (rs=.50, sig=.009); (c) tipos de transtorno obsessivo-compulsivo: rituais de limpeza (v=.96) e rituais de verificacao (v=.93); os rituais de limpeza sao mais frequentes em familias com indice alto de acomodacao e os de verificacao em familias com indice moderado ou leve. A partir dos resultados e enfatizada a necessidade de se considerar as relacoes entre a familia e o paciente para se fazer planejamento e avaliacao efetivos das intervencoes terapeuticas. Sugere-se como parte da rotina do profissional especializado a investigacao sistematica dessas interacoes
Assunto Transtorno Obsessivo-Compulsivo
Terapia Comportamental
Idioma Português
Data 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 66 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15576

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta