Estudo da ventilação pulmonar e força muscular respiratória no pós-operatório de colecistectomia por via laparoscópica

Estudo da ventilação pulmonar e força muscular respiratória no pós-operatório de colecistectomia por via laparoscópica

Título alternativo Pulmonary ventilation and respiratory muscle strenght in the postoperstive period of laparascopic cholicystectomy
Autor Chiavegato, Luciana Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jardim, Jose Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Estudar as alterações da ventilação e volumes pulmonares e da força muscular respiartória no pós-operatório de colecistectomia por via laparoscópica e as possíveis complicações. TIPO DE ESTUDO: Estudo tipo prospectivo aberto em um hospital terciário universitário. DURAÇÃO DO ESTUDO: 10 meses. MATERIAL E MÉTODOS: Foram avaliados 20 pacientes que tinham em média 42,7 anos, sendo 7 (35(por cento)) homens e 13(65todos(por cento)) mulheres. No período de pré-operatório, todos foram submetidos a um questionário clínico, exame físico, radiograma de tórax e espirometria. Além disso foram realizadas medidas de força muscular respiratória (pressão inspiratória e expiratória máximas), de ventilação pulmonar (volume corrente e volume minuto), capacidade vital, oximetria e índice diafragmático. A avaliação pós-operatória foi realizada no 1 , 2., 3. e 6. dias de pós-operatório. RESULTADOS: Observou-se que os pacientes evoluiram no primeiro dia de pós-operatório com diminuição média significante de 26 (por cento) do volume minuto, 36(por cento) da capacidade vital, 47(por cento) da pressão inspiratória máxima, 35 (por cento) da pressão expiratória máxima e 34(por cento) do índice diafragmático (p<0,05). Todas as medidas recuperaram seus valores basais no 3. dia de pós-operatório. Dos vinte pacientes, somente uma apresentou atelectasia como complicação pulmonar, tendo evoluido bem com as medidas habituais de fisioterapia respiratória. CONCLUSÃO: Concluimos que pacientes submetidos á colecistectomia por via laparoscópica apresentam no primeiro dia de pós-operatório, diminuição significante dos volumes pulmonares e da força muscular respiratória, porém, estes valores retornam próximo aos valores basais no terceiro dia pós-operatório
Assunto Laparoscopia
Cuidados Pós-Operatórios
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 87 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 87 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15639

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta