Hipertensao arterial cronica na gestacao: perfil de uma populacao

Hipertensao arterial cronica na gestacao: perfil de uma populacao

Título alternativo Chronic hypertension in pregnancy: profile of population
Autor Callegari, Angelita Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Pesquisa realizada com 80 mulheres portadoras de hipertensao arterial cronica cujos partos ou curetagem no Hospital São Paulo / Universodade Federal de São Paulo, no Municipio de São Paulo, durante o ano de 1995. Teve como objetivos caracterizar o perfil de gestantes portadoras de hipertensao arterial cronica, verificar o tipo de hipertensao arteial cronica mais relacionado as complicacoes encontradas, identificar complicacoes frequentemente associadas a esta doenca e relacionar a faixa etaria e o tipo de hipertensao arterial cronica com a presenca ou nao de complicacoes. Os resultados evidenciam que a amostra estudada se caracteriza por predominio da idade menor que 35 anos (65,3por cento), igualdade na distribuicao entre brancas (50,0por cento) e nao brancas (50,0por cento), casadas ou com uniao consensual estavel (85,0por cento, primeiro grau incompleto (55,9por cento), ate 2 partos anteriores (62,5por cento) e nao referiram abortamento anterior (68,9por cento). A grande maioria era portadora de hipertensao arterial essencial. Dentre as complicacoes que ocorreram durante a gestacao foi constatado que a molestia hipertensiva especifica da gestacao sobreposta foi a mais frequente, seguindo-se do crescimento intra-uterino retardado, deslocamento prematuro da placenta, sendo que em todas elas ocorreu associacao com obito fetal. Quanto ao tipo de parto predominou a cesarea (71,8por cento). Houve alta taxa de prematuridade, sendo (41,3por cento) com menos de 35 semanas de gestacao. A maior parte recebeu Apgar de 5º minuto maior ou igual a 7 (98,4por cento). Um alto percentual de recem-nascidos apresentou peso abaixo de 2.500 gramas (48,1por cento) Nao houve relacao entre o tipo de hipertensao ou a idade materna e as complicacoes, pois nao houve diferenca estatisticamente significante
Assunto Hipertensão
Gravidez
Complicações na Gravidez
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 72 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15663

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta