Proteoglicanos de soro bovino e do meio condicionado por células endoteliais em cultura

Proteoglicanos de soro bovino e do meio condicionado por células endoteliais em cultura

Título alternativo Proteoglycans of endothelial bovine serum and the conditioned medium by endothelium cells in culture
Autor Ferreira Gerab, Irani Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nader, Helena Bonciani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente trabalho permitiu o desenvolvimento de um metodo de purificacao de proteoglicanos do meio condicionado por celulas endoteliais em cultura. Os proteoglicanos foram isolados utilizando dois tipos de cromotografia de troca ionica (Lewatit e DEAE-celulose), cromotografia de afinidade Blue-Sepharose e por eletroforese em gel de agarose na presenca de inibidores de proteases. Meio condicionado em presenca de [35S]-sulfato foi utilizado como marcador do rendimento da extracao. Pela analise e quantificacao dos proteoglicanos por eletroforese em gel de agarose verificamos a presenca de um proteoglicano de heparam sulfato (PGHS) e de um proteoglicano de condroitim sulfato (PGCS), entretanto a quantidade de PGCS observada foi muito maior do que a esperada, uma vez que experimentos utilizando isotopos radioativos mostravam que celulas endoteliais produzem 90(por cento) de PGHS e somente 10(por cento) de PGCS. Como este proteoglicano poderia ser derivado do soro fetal bovino (SFB) que esta no meio de cultura, submetemos uma aliquota do mesmo aos procedimentos de purificacao, e verificamos que o PGCS realmente deriva do SFB. Ao analisarmos soro adulto bovino (SAB), observamos que esse proteoglicano e tipico de soro bovino. O proteoglicano de heparam sulfato purificado do meio condicionado por celulas endoteliais e de alto peso molecular (200kDa), e apos b-eliminacao liberou cadeias de heparam sulfato de 21kDa. A analise da estrutura das cadeias de heparam sulfato apos diGestão com heparitinases revelou que o mesmo possui 41(por cento) de deltaGIcA-GIcNS,6S; 24(por cento) de deltaGIcA-GIcNS; 5(por cento) de deltaGIcA-GIcNAc,6S e 30(por cento) de deltaGIc-GIcNAc. Esse foi o primeiro proteoglicano de meio condicionado analisado sem marcacao metabolica. Somente cerca de 30(por cento) desse proteoglicano possui afinidade pela antitrombina III e o mesmo nao interage com fibronectina. O PGCS de soro fetal e de soro adulto bovino tem caracteristicas similares: peso molecular superior a 200kDa, e a incubacao com condroitinase ABC, liberou uma proteina com 160kDa, e por b-eliminacao obtivemos cadeias de condroitim sulfato com 18kDa. A degradacao das cadeias de condroitim sulfato mostrou algumas diferencas entre o condroitim sulfato presente no proteoglicano do soro adulto bovino: no soro fetal bovino, 18(por cento) da molecula e composta de disacarideo 6-sulfatado, 77(por cento)...(au)
Assunto Proteoglicanas
Heparitina Sulfato
Sulfatos de Condroitina
Endotélio
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 88 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 88 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15684

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta