Fatores associados a quedas em uma coorte de idosos residentes na comunidade

Fatores associados a quedas em uma coorte de idosos residentes na comunidade

Título alternativo Fall-related factors in a cohort of elderly community residents
Autor Perracini, Monica Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Ramos, Luiz Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To identify factors associated to fall and recurrent fall episodes among elderly living in a community, and to determine the relative risk of each factor as a fall predictor. METHODS: A two-year follow-up study with two segments of multi-dimensional household surveys (1991-1992 and 1994-1995) was carried out in a cohort of 1,667 elderly, aged 65 or older, living in a community in the city of São Paulo, Brazil. The instrument used for data collection was the BOMFAQ, the Brazilian version of the Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (OARS). A stepwise logistic regression analysis was conducted with p<0.05 and 95% CI. RESULTS: About 31% of the elderly referred a fall episode and around 11% referred two or more fall episodes in the previous year of the first survey. After follow-up, 53.4% didn't refer any fall episodes, 32.7% referred a fall episode either in the first survey or in the second one and almost 14% referred fall episodes in both surveys. The predictive model of recurrent falls was composed by the following variables: absence of a spouse (OR=1.59 95% CI 1.00-2.52), not having a reading habit (OR= 1.56 95% CI 1.03-2.37), history of fractures (OR=4.6 95% CI 2.23-9.69 difficulty to perform one to three activities of daily life (OR=2.37 95% CI 1.49-3.78), difficulty to perform four or more activities of daily life (OR=3.31 95%CI 1.58-6.93) and among those whose sight is most impaired (OR=1.53 95%CI 1.00-2.34). CONCLUSIONS: Population ageing and increase in life expectancy demand preventive and rehabilitation actions in order to reduce risk factors for falls, such as impaired functional capacity, impaired eye sight and lack of cognitive stimulation.

OBJETIVO: Identificar fatores associados a quedas e a quedas recorrentes em idosos vivendo na comunidade, determinando o risco relativo de cada fator como preditor para quedas. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de seguimento de dois anos, por meio de duas ondas de inquéritos multidimensionais domiciliares (1991/92 e 1994/95) com uma coorte de 1.667 idosos de 65 anos ou mais residentes na comunidade, município de São Paulo, SP. O instrumento utilizado foi um questionário estruturado, versão brasileira do OARS: Brazilian Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ). Foi realizada uma análise de regressão logística, passo a passo, com p<0,05 e IC de 95%. RESULTADOS: Cerca de 31% dos idosos disseram ter caído no ano anterior ao primeiro inquérito; cerca de 11% afirmaram ter sofrido duas ou mais quedas. Durante o seguimento, 53,4% dos idosos não referiram quedas, 32,7% afirmaram ter sofrido queda em pelo menos um dos inquéritos e 13,9% relataram quedas em ambos os inquéritos. O modelo preditivo de quedas recorrentes foi composto das variáveis: ausência de cônjuge (OR=1,6 95% IC 1,00-2,52), não ter o hábito de ler (OR=1,5 95% IC 1,03-2,37), história de fratura (OR=4,6 95% CI 2,23-9,69), dificuldade em uma a três atividades de vida diária (OR=2,37 95% CI 1,49-3,78), dificuldade em quatro ou mais atividades de vida diária (OR=3,31 95% CI 1,58-6,93) e entre aqueles idosos com visão mais comprometida (OR=1,53 95% CI 1,00-2,34). CONCLUSÕES: O envelhecimento populacional e o aumento da expectativa de vida demandam ações preventivas e reabilitadoras no sentido de diminuir os fatores de risco para quedas, como o comprometimento da capacidade funcional, a visão deficiente e a falta de estimulação cognitiva.
Assunto Aged
Accidental falls
Health surveys
Risk factors
Aging health
Rehabilitation
Idoso
Acidentes por quedas
Levantamentos epidemiológicos
Fatores de risco
Saúde do idoso
Reabilitação
Idioma Português
Data 2002-12-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 36, n. 6, p. 709-716, 2002.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 709-716
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102002000700008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89102002000700008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1571

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89102002000700008.pdf
Tamanho: 182.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta