Estudo comparativo entre dois tipos de curativos (solucao aquosa de papaina a 2 por cento e hidrocoloide) utilizados no tratamento de ulceras por pressao em pacientes lesados medulares

Estudo comparativo entre dois tipos de curativos (solucao aquosa de papaina a 2 por cento e hidrocoloide) utilizados no tratamento de ulceras por pressao em pacientes lesados medulares

Título alternativo Comparative study between types of dressings(hydrocolloid and papin aqueus solution at 2 per cente for the treatment of pressure sore in spinal cord injuries patients
Autor Agostini, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Foram comparados dois tipos diferentes de curativos - hidrocoloide e solucao aquosa de papaina a 2 por cento - quando utilizados no tratamento de ulceras por pressao em nove pacientes lesados medulares, em relacao as areas finais em cm-2-, areas de reducao em cm 2, porcentagens de reducao em relacao as areas iniciais e medias das velocidades de reducao em cm2/dia. O material constou de 28 ulceras por pressao, distribuidas em 14 pares de graus IV e V, segundo a classificacao de Yarkony e Kirk e grau V, segundo a classificacao de Sessing, sendo que as duas unidades de cada par, pertenciam ao mesmo paciente. Cada um dos dois elementos de cada par, recebeu tratamento diferente, ou seja, uma das ulceras por pressao foi tratada com curativo de hidrocoloide e a outra com solucao aquosa de papaina a 2 por cento , no mesmo paciente. As areas das ulceras por pressao, foram determinadas atraves da realizacao da planimetria computadorizada. As medias das areas iniciais das ulceras por pressao tratadas com hidrocoloide e papaina foram 69,7 cm2 e 52,7 cm2 , respectivamente e o tempo medio de acompanhamento foi de 69 dias. Os dados obtidos, analisados atraves de testes estatisticos nao parametricos de Wilcoxon, considerando-se a £ O, 05, mostraram, respectivamente para as ulceras por pressao tratadas com hidrocoloide e papaina, que a media das areas finais foram de 15,10 cm2 de 28,31 cm2 a media das areas de reducao foram de 54,83 e 24,37 cm2; a media das porcentagens de reducao em relacao as areas iniciais foram de 72,98por cento e 12,99 por cento e que as medias das velocidades de reducao foram de 1,O1cm2/dia e O,47cm2 /dia. Concluiu-se que as ulceras por pressao tratadas com curativos de hidrocoloide, quando comparadas com as tratadas com solucao aquosa de papaina a 2 por cento , apresentaram maiores areas de reducao em cm2, maiores percentuais de reducao em por cento absoluta e maiores medias das velocidades de reducao em cm2/dia p < 0,05)
Assunto Úlcera por Pressão/terapia
Papaína
Paraplegia/reabilitação
Quadriplegia/reabilitação
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 89 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15752

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta