Estudo comparativo entre z sedacao por via oral e via intravenosa na endoscopia digestiva alta ambulatorial

Estudo comparativo entre z sedacao por via oral e via intravenosa na endoscopia digestiva alta ambulatorial

Título alternativo Comparative strudy betwen sedation the oral administration and intravenous administration in high digestive endoscopy in ambulatory
Autor Castro, Rubem Robson Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo E evidente o papel dos sedativos usados como pre-medicacao nas endoscopias, na tentativa de diminuir a intolerancia do paciente ao exame endoscopico. Neste estudo, comparamos o grau de desconforto do paciente ao procedimento, sob a sedacao do diazeparn por via intravenosa, considerado a droga padrao, com o midazolam por via oral, na EDA ambulatorial. O estudo realizado foi randomizado, duplo cego e comparativo com 320 pacientes, dentro da faixa etaria entre 18 a 65 anos, que foram submetidos a EDA arnbulatorial, pela , no setor de Endoscopia da UNFESP - EPM no ano de 1995 e 1996. Os pacientes foram divididos em dois grupos: grupo IV- 160 pacientes que receberam diazepam 10 mg IV e o grupo VO- 160 pacientes que receberam midazolam 7,5 mg VO. O grau de desconforto foi avaliado numa escala numerica de O a 1O e mais os conceitos de pessimo a otimo, pelo medico imediatamente ao termino do procedimento. A avaliacao do paciente, quanto ao procedimento endoscopico, foi feita pelo telefone 24 horas apos o exame. Estes, responderam sobre a presenca de amnesia, sonolencia a tarde, capacidade de trabalho e se repetiriam ou nao o exame com o mesmo esquema sedativo. Quando se comparou o grau de desconforto ao exame dos pacientes e dos medicos entre os dois diferentes grupos de sedacao, nao houve diferenca estatisticamente signfflcante (p > O,05). O mesmo se observou na avaliacao do item repeticao da endoscopia digestiva alta com o mesmo esquema medicarnentoso (p = O,6925). As variaveis amnesia e sonolencia a tarde foram maior no grupo IV com diferenca estatistica signfflcante (p < O,OO1). Quanto a capacidade de trabalho houve predominancia do grupo VO com diferenca estatistica significante < O 001 O nudazolam VO mostrou-se uma boa alternativa como pre-medicaca na EDA ambulatorial, tanto quanto o diazepatn IV. Observou-se menor sonolencia a tarde consequentemente maior capacidade de trabalho apos o exame no grupo VO, e apes da porcentagem de pacientes com amnesia do grupo IV ter sido maior, nao ho diferenca quanto a preferencia ao esquema sedativo, quando comparado ao grupo Vo. Portanto, o midazolam VO pode ser usado como pre-medicacao na EDA ainbulatorial com igual efiCiência
Assunto Sedação Consciente
Administração Bucal
Endoscopia
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 66 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15804

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta