Validacao dos criterios do Colegio Americano de Reumatologia(1990) para classificacao da fibromialgia

Validacao dos criterios do Colegio Americano de Reumatologia(1990) para classificacao da fibromialgia

Título alternativo Validation of the American College of Rheumatology criteria for the classification of fibromyalgia
Autor Haun, Marcia Veloso Atallah Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução. A etiologia desconhecida para determinadas doencas, cria a necessidade de se adotar criterios de classificacao que visem uniformizar o diagnostico. No entanto, diferencas etnicas, economicas, culturais e sociais, entre as diversas populacoes do mundo, podem influenciar as manifestacoes clinicas e o reconhecimento destas doencas. Objetivo. Validar os criterios do ACR-1990 para classificacao da fibromialgia para a populacao brasileira. Material e metodos. Foram estudados 314 pacientes consecutivos: 162 pacientes com diagnostico clinico de fibromialgia (a historia clinica e o exame fisico foram usados como padrao ouro, sem qualquer consideracao aos criterios estabelecidos pelo ACR) e 152 controles. Os controles apresentavam outras doencas reumatologicas dolorosas cronicas . Todos os pacientes foram selecionados, no servico de triagem, por reumatologistas treinados, e encaminhados ao ambulatorio de pesquisa. Entrevista, atraves de questionario e exame fisico foram realizados por um unico pesquisador. Os pontos dolorosos (tender points) foram avaliados, atraves da palpacao manual, por reumatologistas treinados e cegos. Analise estatistica incluiu x2, odds ratio, coeficiente de Kappa e o estabelecimento dos indices de sensibilidade, especificidade e acuracia. Resultados. Dor difusa foi encontrada em 93,2 por cento dos pacientes e em 21 por cento dos controles. A combinacao de dor difusa e 9 pontos dolorosos em 18 pontos examinados alcancaram sensibilidade de 93,2 por cento , especificidade de 91,1 por cento e acuracia de 92,6 por cento . Nenhuma outra combinacao de sinais ou sintomas, incluindo rigidez matinal, disturbio do sono e fadiga alcancaram maior acuracia na populacao estudada. A concordancia interobservador no exame dos pontos dolorosos, atraves de palpacao digital, revelou concordancia em relacao aos pontos dolorosos (K=0,821) e concordancia (K=0,553) em relacao aos pontos controles. Conclusao: No Brasil, os criterios propostos para fibromialgia sao dor difusa e 9 ou mais pontos dolorosos em 18 pontos examinados
Assunto Fibromialgia
Reprodutibilidade dos Testes
Diagnóstico
Exame Físico
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 110 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15809

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta