Teste ergometrico precoce pos-infarto agudo do miocardio,em pacientes estaveis com boa evolucao clinica: correlacao com ecocardiografia, eletrocardiografia e cinecoronariografia

Teste ergometrico precoce pos-infarto agudo do miocardio,em pacientes estaveis com boa evolucao clinica: correlacao com ecocardiografia, eletrocardiografia e cinecoronariografia

Título alternativo Exercice testing early after myocardial infarction in stabilized patients with good follow up: correlation with echocardiography, dynamic eletrocardiography and coronary arteriography
Autor Leite, Wagner Aparecido Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o teste ergometrico realizado na fase precoce pos-infarto agudo do miocardio e correiaciona-lo com os procedimentos habitualmente utilizados em nosso meio e tendo como finalidade verificar seu poder diagnostico na pratica clinica diaria. No periodo de julho de 1995 a junho de 1997 foram estudados 60 pacientes, 46 (77 por cento ) do sexo masculino, idade media de 51,4 anos e com diagnostico de infarto agudo do miocardio e com boa evolucao clinica. Estes pacientes foram submetidos a avaliacao cardiologica atraves dos seguintes exames: teste ergometrico precoce, ecocardiograma, monitorizacao eletrocardiografica ambuiatorial (Sistema Hoiter) e o estudo hemodinamico. Os testes realizaram-se sem acidentes, sendo 32 (53 por cento ) anormais, 21 (35 por cento ) isquemicos, o tempo de endurance foi superior a 12 minutos em 45 (75 por cento ) pacientes e igual ou superior a l5 minutos em 37 (62 por cento ) dos pacientes. No ecocardiograma a fracao de ejecao esteve inferior a O,60 em 16 pacientes (27 por cento ), na monitorizacao eletrocardiografica ambulatorial 19 (32 por cento ) pacientes apresentaram arritmias ventriculares complexas e no estudo hemodinamico 24 (40 por cento ) pacientes apresentaram doenca coronaria aterosclerotica grave de multiplos vasos. O teste mostrou-se um exame seguro, nao demonstrou bom desempenho no diagnostico de doenca coronaria ateroscierotica grave. A presenca de isquemia miocardica no teste ergometrico foi concordante com a presenca de lesoes ateroscleroticas coronarias graves de multiplos vasos, de arritmias ventriculares complexas na monitorizacao eletrocardiografica ambulatorial e de fracao de ejecao abaixo da faixa de normalidade no ecocardiograma; ja quando verificamos a presenca de anormalidade no teste ergometrico esta concordancia nao ocorreu. A presenca de valores do tempo de endurance inferior a 15 minutos apresentou relacao significativa com a presenca de anormalidade no teste, nao guardando relacao com a presenca de isquemia durante o teste, com a presenca de lesoes coronarias ateroscieroticas graves de multiplos vasos no estudo hemodinamico, com a presenca de arritmias ventriculares no Sistema Holter e com a diminuicao da fracao de ejecao no ecocardiograma
Assunto Infarto do Miocárdio
Ergometria
Ecocardiografia
Eletrocardiografia Ambulatorial
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 84 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 84 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15825

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta