Estresse oxidativo e manipulacao intravascular atraves de cateteres: estudo experiemntal em caes

Estresse oxidativo e manipulacao intravascular atraves de cateteres: estudo experiemntal em caes

Título alternativo Oxidativo stress and intravascular manipulation through of cateter: experimental study in dogs
Autor Scarpinella Bueno, Marco Aurelio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente modelo canino para implantacao de diversos cateteres intravasculares durante (duas horas (periodo de observacao) teve como objetivos: I) avaliar a producao de especies reafivas de oxigenio pela agressao induzida em decorrencia da peroxidacao lipidica, atraves da dosagem de N[DA serico, pulmonar, cardiaco e em intestino delgado e; 2) avaliar a producao de substancias intioxidantes decorrentes da agressao induzida, atraves da dosagem de SOD e GSHPX no soro e nos tecidos (pulmao, coracao e intestino delgado). Vinte caes mesticos, adultos (n = 20), anestesiados, intubados e mantidos em ventilacao espontanea em ar ambiente foram divididos em dois grupos. No GRUPO MANIPULADO (GM, n =lO) os animais foram submetidos a manipulacao intravascular da veia jugular interna direita com passagem de cateter de Swan-Ganz; da arteria carotida interna direita, da veia femoral direita e da arteria femoral direita com passagem de cateteres de poliefileno e da arteria femoral esquerda com passagem de um cateter de Fogarty. No GRUPO CONTROLE (GC, n = 1O) os animais foram submetidos apenas a disseccao de uma veia periferica com passagem de um cateter de poliefileno. Terminado o preparo dos animais foram re@das as dosagens de MDA, SOD e GSHPX no soro dos animais, determinando-se seus valores basais (tempo O minuto). As mesmas inedidas foram realizadas nos tempos 45, 65 e 120 minutos. Apos o sacrificio dos caes fragmentos de pubnao, coracao e intestino delgado foram retirados para determinacao do MDA, SOD e GSHPX. No GM houve aumento da concentracao serica de MDA aos 120 minutos do experimento. Em relacao a concentracao fissular de MDA houve diferenca significafiva apenas nos valores obtidos em intestino delgado dos animais do GM em relacao ao GC. Nao houve diferenca significafiva entre os valores de SOD e GSHPX tanto serico quanto tecidual. Conclui-se, com base nos resultados obtidos, ser possivel demonstrar que neste modelo ocorreu peroxidacao lipldica, sem ter havido consumo de anfioxidmtes
Assunto Estresse Oxidativo
Antioxidantes
Espécies de Oxigênio Reativas
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 95 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15858

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta