Aspectos genéticos em estrabismo

Aspectos genéticos em estrabismo

Título alternativo Genetic aspects in strabismus
Autor Ferreira, Rosane da Cruz Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Belfort, Rubens Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETlVoS: ldentificar a percentagem, de famil,a,s com @S de um membro afetado por estrabismo (casos familiares) e a prevalencia do estrabismo em familiares de criancas estrabicas, sendo tres criterios de diagnostico (dxl,dx2,dx3), desde os criterios mais restritos ao mais abrangente. identificar (dx2 e Percentagem de familias que apresentam diferentes tipos de estrabismo entre seus membros e identificar o modelo de heranca genetico mais provavel, segundo os tres niveis diagnosticos. PACIENTES' MATERIAL E METODOS:Foi realizado um estudo prospectivo para o qual foram selecionados como propositos os pacientes que apresentaram um desvio manifesto comitante primario. Todos os Propositos e familiares disponiveis foram submetidos a avaliaCaO Oftalmologica e ortoptica completa. O estrabismo foi diagnosticado segundo tres diferentes criterios: dxl compreendeu somente desvios horizontais manifestos e/ou qualquer desvio vertical; dx2 incluiu, alem dos individuos afetados por dxi, os que apresentaram esoforias maiores ou iguais a 7 dioptrias Prismaticas e exoforias maiores ou iguais 9 e dx3 incluiu alem dos individuos afetados por dx I e dx2, os que apresentaram, amplitudes fusionais anornais, relaCaO convergencia acomodativa/acomodacao superior a 5 A/D, estereopsia inferior ou igual a I 00 segundos de arco, teste das 4 dioptrias Prismaticas e teste duplo de Maddox com respostas anormais. os heredogramas das familias foram desenhados e estudados e a analise da segregacao genetica do estrabismo foi realizada por programa de computador especifico. RESULTADOS: Cento e dez propositos identificaram 107 familias, constituindo um total de 439 individuos examinados. A percentagem de casos familiares foi de 25,23 por cento em dxl, 36,45 por cento em dx2 e 72,9 por cento em dx3. A prevalencia de familiares dos propositos que tambem foram considerados afetados por dx l foi de 8,5 I por cento , por dx2 de 13,07 por cento e por dx3 36,78 por cento . Em 46,1 por cento das familias estudadas, foram encontrados tipos diferentes de estrabismo entre seus membros. A analise dos heredogramas evidenciou percentagem de transmissao vertical em 13,08 por cento das familias segundo dxl, em 21,49 por cento segundo dx2 e em 51,40 por cento segundo dx3, nao tendo sido encontrada consanguinidade em nenhuma das familias estudadas. A analise da segregacao genetica rejeitou a hipotese de heranca mendeliana simples..(truncado..)
Assunto Estrabismo/genética
Genética
Esotropia
Exotropia
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 160 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 160 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15877

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta