Estado nutricional, absorcao e tolerancia a lactose e sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado de criancas indias Terenas - Mato Grosso do Sul

Estado nutricional, absorcao e tolerancia a lactose e sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado de criancas indias Terenas - Mato Grosso do Sul

Título alternativo Nutritional status, lactose absorption and tolerance and small-bowel bacterial overgrowth in Terena indian children - Mato Grosso do Sul, Brazil
Autor Alves, Gildney Maria dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo foi realizado com criancas indias Terenas do Mato Grosso do Sul com os objetivos de avaliar: 1. o estado nutricional da populacao infantil; 2. a capacidade de absorcao e a tolerancia a lactose; 3. a ocorrencia de sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado; 4. a prevalencia de parasitoses intestinais. Foi estudada a totalidade da populacao infantil das criancas Terenas das Aldeias de Limao Verde e do Corrego Seco com idade inferior a 10 anos, no ano de 1995. O estado nutricional foi avaliado em 264 criancas com base no peso e na estatura, utilizando-se a tabela do NCHS como referencia. O teste do hidrogenio no ar expirado, apos a administracao de lactose (l8g em solucao a 10 por cento ), foi avaliado em 251 criancas. A tolerancia a lactose, teve como base o aparecimento de manifestacoes clinicas nas 72 horas apos sua administracao. A ocorrencia de sobrecre'scimento bacteriano foi avaliada pelo teste do hidrogenio no ar expirado apos a administracao de lactulose (5g em solucao a 50 por cento ) em 252 criancas. Exame parasitologico de fezes foi realizado em amostras provenientes de 244 criancas pelos metodos de Faust e Hoffman. Os resultados mostraram que o estado nutricional das criancas Terenas e adequado, sendo baixa a ocorrencia de desnutricao energetico-proteica atual (escore Z menor que -2.0 DP = 3,4 por cento ). Com relacao a estatura para a idade, observou-se que 14,0 por cento das criancas se 2 encontravam com escore Z menor do que -2.ODP. Absorcao deficiente e ma absorcao de lactose foi observada exclusivamente apos o quarto ano de vida em 89,3 por cento das criancas avaliadas. Intolerancia a lactose foi constatada em 37, 1 por cento dessas criancas. Sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado foi caracterizado em l 1,5 por cento das criancas estudadas, sendo que o teste do hidrogenio no ar expirado com a lactulose demonstrou, tambem, que todas as criancas eram produtoras de hidrogenio. Giardiase foi a parasitose intestinal de maior prevalencia (30,2 por cento ) destacando-se a baixa prevalencia de ascaridiase (l,6 por cento ) e ancilostomiase (4, 1 por cento ), em relacao a populacao pediatrica de centros urbanos e de outras areas indigenas. Em conclusao, a populacao infantil Terena apresenta baixa incidencia de desnutricao atual. A ocorrencia de deficit de estatura para a idade foi similar a da populacao brasileira e dos indios do Alto Xingu...(truncado)
Assunto Estado Nutricional
Intestino Delgado/microbiologia
Lactose
Testes Respiratórios
Criança
Índios Sul-Americanos
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 146 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 146 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15904

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta