Determinacao da frequencia genotipica de antigenos plaquetarios em doadores de sangue e indios brasileiros

Determinacao da frequencia genotipica de antigenos plaquetarios em doadores de sangue e indios brasileiros

Título alternativo Determination of genotipic frenquence of platelet antigen in blood donners and south american indians
Autor Chiba, Akemi Kuroda Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A frequencia de alo-antigenos piaquetarios tem sido descrita em varias populacoes devido a sua importancia clinica e associacao a sindromes trombocitopenicas tais como, a purpura trombocitopenica aloimune neonatal (PTAN), a purpura pos-transfusional (PPT), e a refratariedade a transfusao de plaquetas. O diagnostico correto e o tratamento precoce sao determinantes para evitar sequelas neurologicas ou mortalidade fetal. O presente estudo, teve por objetivo determinar a frequencia de alo-antigenos piaquetarios na nossa populacao uma vez que, as frequencias genotipicas podem antigeno piaquetario HPA-la e o antigeno mais implicado na PTAN, enquanto que nos asiaticos e o alo-antigeno HPA-4a. Foram estudados 95 indios da tribo Xikrin e 79 doadores de sangue mesticos do Hemocentro da UNIFESP/EPM - Hospital São Paulo utilizando a tecnica de PCR-SSP para os sistema HPA-1, -2, -3 e -5 e seus respectivos alelos. As amostras de sangue foram coletadas em anticoagulante EDTA ou heparina e congeladas, apos o descongelamento lisou-se as hemacias e a seguir os leucocitos. Extraiu-se o DNA com fenol-cloroformio e precipitou-se com etanol absoluto. O DNA extraido foi amplificado por PCR-SSP utilizando-se o kit de Taq DNA polimerase, dNTP, e iniciadores especificos para cada aleio com as concentracoes e condicoes de reacoes padronizadas. Alem disso, foi usado o iniciador de HCH como controle interno da reacao. Os produtos amplificados foram eletroforeticamente separados em gel de agarose com brometo de etidio e visualizados em luz ultravioleta. As amostras analisadas apresentam dois fragmentos quando a reacao e positiva, sendo um fragmento com 429 pb (HCH) e um outro fragmento com peso molecular menor que corresponde ao alelo em estudo (HPA-1 = 244 pb; HPA-2 = 244 pb; HPA-3 = 251 pb; e HPA-5 = 246 pb). Se a reacao e negativa apresenta somente um fragmento de 429pb. Para a analise dos resultados foram aplicados o teste do qui-quadrado com um 2 grau de liberdade( X2 lgl ) e metodo exato para o calculo de intervalo de confianca (IC) de 95 por cento para cada proporcao obtida (p). O nivel de significancia estatistica foi de 5 por cento . As frequencias genicas dos grupos estudados foram: HPA -la -lb -2a -2b -3a -3b -5a -Sb indios 1,00 O,OOO O,963 O,037 O,708 O,292 O,963 O,037 Doadores O,918 O,082 O,816 O,139 O,640 O,360 O,825 O,175 valor p < O.001 p = O,001 p = O,193 p < O.001 Comparando-se ...(au)
Assunto Antígenos de Plaquetas Humanas
Doadores de Sangue
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 68 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15940

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta