Interpretação anátomo-funcional da linha arqueada (arco de Douglas) no homem

Interpretação anátomo-funcional da linha arqueada (arco de Douglas) no homem

Título alternativo A anatomo-functional view of the arcuate line (arch of Douglas) in the man
Autor Prates, José Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Num estudo da parede anterior do abdome, com particular interesse no seu plano musculo-aponeurotico, em cerca de 500 cadaveres humanos dissecados pelos estudantes do curso medico chegou-se as seguintes conclusoes: A linha arqueada na maioria dos casos e evidente e no homem adulto encontra-se acima da espinha iliaca anterosuperior. A distancia entre a linha arqueada e a sinfise pubica variou de 4.0 a 12-0 cm; variacao visivelmente relacionada ao sexo e ao tipo constitucional. A linha arqueada pode ser uma margem aponeurotica nitida e unica ou apresentando degraus. Na formacao da linha arqueada as vezes podemos distinguir 2 pilares ou arcos entrecruzando-se, o pilar medial representado por feixes aponeuroticos do m. transverso e o lateral por feixes do m. obliquo interno. A linha arqueada de acordo com as observacoes esta intimamente relacionada a forma da pelve ossea, ao seu desenvolvimento na especie humana e igualmente a posicao ereta. Deve-se abandonar a descricao de que abaixo da linha arqueada as aponeuroses dos mm. obliquo interno e transverso deixam a lamina posterr para se juntarem a anterior na frente do m. reto
Assunto Abdome
Bainha de mielina
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 60 p. ilus.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 60 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de livre-docência
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15977

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta