Identificação dos haplótipos do gene globina beta em uma população indígena brasileira não miscigenada (Kayapos Xikrins - PA)

Identificação dos haplótipos do gene globina beta em uma população indígena brasileira não miscigenada (Kayapos Xikrins - PA)

Título alternativo Identification of beta globin haplotype of Amerindian populations(Kayapos Xikrins - PA)
Autor Bidoia, Beatriz Gulli Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Figueiredo, Maria Stella Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os polimorfismos de DNA do complexo do gene da globina humana b tem sido utilizados em estudos antropologicos devido a sua grande variabilidade genomica. No presente estudo, os haplotipos do gene da globina b foram analisados em 180 cromossomos de 95 indigenas pertencentes a tribo Xikrin, sabidamente nao miscigenada. O procedimento tecnico utilizado para a determinacao dos diferentes sitios polimorficos foi a amplificacao do fragmento de DNA que flanquea o local das clivagens, atraves da tecnica da PCR, seguido de posterior diGestão com enzimas especificas e analise dos fragmentos por eletroforese em gel de agarose. Alem de sitios da regiao 5': Hind III no gene Gg Hind III no Ag; Hinc II no yb e Hinc II na regiao 3' do yb; foi determinado um sitio polimorfico na regiao 3' do complexo do gene b, sitio Ava II, localizado no IVS 2 do gene b, pois tivemos dificuldades tecnicas na determinacao do sitio Bam HI. O haplotipo 2 foi o mais frequente na nossa amostra (75,8 dado comparavel aos achados mundiais, que mostram que este e o haplotipo com maior prevalencia nas populacoes nao africanas, e tambem semelhantes aos dados previamente analisados em populacoes indigenas brasileiras. O haplotipo 6 foi o segundo com frequencia de O,20, resultado similar aos descritos em populacoes amerindias da Amazonia da familia linguistica Macro-Je. Os outros haplotipos encontrados foram o 4, o 7 e o 3 em frequencia baixa (2,63; I,05 e O,53 por cento , respectivamente), que e concordante com a incidencia mundialmente observada. O tamanho da nossa amostra pode ter sido fator relevante para a sua identificacao. Estes achados reforcam a hipotese de uma origem asiatica para as populacoes nativas sul americanas
Assunto Haplótipos
Globinas
Desoxirribonucleases de sítio específico do tipo I
Polimorfismo conformacional de fita simples
Índios sul-americanos
Hemoglobinas
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 74 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 74 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16035

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta