Auto-anticorpos anti-21-hidroxilase, anti-colesterol desmolases e anti-17 alfa-hidroxilase na doença de Addison e na síndrome poliglandular auto-imune

Auto-anticorpos anti-21-hidroxilase, anti-colesterol desmolases e anti-17 alfa-hidroxilase na doença de Addison e na síndrome poliglandular auto-imune

Título alternativo Autoantibodies against steroid 21-hydroxylase, side chain cleavage and 17 alfa-hydroxylase in Addison's disease and in autoimune polyglandular syndrome
Autor Silva, Regina do Carmo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Kater, Claudio Elias Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Para avaliar a frequencia dos auto-anticorpos anti-P45c21 (P450c21-Ac), P450scc (P450scc-Ac) e P450c17 (P450c17-AC) em pacientes com DA e com SPA do tipo III (diabetes mellitus do tipo 1 + doenca tiroidiana auto-imune, na ausencia de hipoadrenalismo clinico), utilizamos um radioensaio e enzimas humanas recombinantes marcadas com 35S([S35]-P450c21, [35S]-P450scc e [35S]-P450c17),produzidas atraves de transcricao e translacao in vitro. Foram estudadas amostras de soro de 30 pacientes com DA (clinicamente classificados em dois grupos, idiopatico (n=18) e granulomatoso/metastatico (n=12), 18 pacientes com SPA do tipo III e 90individuos controles saudaveis. Os resultados do radioensaio foram comparados com aqueles obtidos com a IFI. ACA-IFI foram detectados em 16/30 (53 por cento) pacientes com DA, sendo 15/18(83 por cento) do grupo idiopatico e 1/12 *8 por cento) do grupo granulomatoso/metastatico. P450c21-Ac foram encontrados em 15/30 (50 por cento) pacientes com DA, sendo 14/18 (78 por cento) do grupo idiopatico e 1/12 (8 por cento) do grupo granulomatoso/metastatico. A taxa de concordancia entre os resultados dos dois ensaios na DA idiopatica foi de 72 por cento. Noventa e quatro por cento destes pacientes foram positivos para ACA-IFI e/ou P450c21-Ac. Nao foi observada correlacao significante entre a presenca ou os niveis de ACA-IFI ou P450c21-Ac e a duracao da DA ou a presenca de endocrinopatias auto-imunes associadas. P450scc-Ac foram encontrados em 6/30(20 por cento) pacientes com DA, sendo 5/18 (28 por cento) do grupo idiopatico e 1/12 (8 por cento) do grupo granulomatoso/metastatico. Todos os pacientes positivos para P450scc-Ac tambem eram positivos para ACA-IFI e todos, exceto um do grupo idiopatico, eram positivos para P450c21-Ac. P450c17-AC foram encontrados em 2/30 (7 por cento) pacientes com DA, ambos do grupo idiopatico (11 por cento): um deles foi positivo para todos os outros auto-anticorpos e o outro foi negativo para todos, inclusive ACA-IFI. Dentre os pacientes com SPA do tipo III, dois foram positivos para ACA-IFI, mas so um deles foi positivo para P450c21-Ac e P450scc-Ac. P450c17-Ac foram detectados em dois pacientes com SPA do tipo III, ambos negativos para os outros anti-corpos. Foi observada associacao significante entre a positividade para P450scc-Ac e a presenca de insufiCiência gonadal, quando foram analisados, simultaneamente, os pacientes com doenca de Addison idiopatica e os portadores de SPA do tipo III
Assunto Autoanticorpos
Doença de Addison
Esteroide 21-Monooxigenase
Colesterol Monooxigenase (Clivadora da cadei lateral)
Esteroide 17 alfa-Monooxigenase
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 83 p. ilusgraf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 83 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16058

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta