Estudo comparativo de racoes em pellete extrusada e sua influencia em parametros de crescimento e reproducao em ratos

Estudo comparativo de racoes em pellete extrusada e sua influencia em parametros de crescimento e reproducao em ratos

Título alternativo Comparative study of pellete and extrusion and influence in parameter of growth and reproduction in rats
Autor Franco, Mirian Aparecida Ghiraldini Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Para se obter subsidios da qualidade nutricional e sanitaria de dietas para roedores, foram comparadas racoes fabricadas pelo metodo de peletizacao (controle) e extrusao (pelletes expandidos), Essa ultima tem como caracteristica principal o fato de poder ser armazenada por periodos de ate 12 meses. Foram utilizados ratos EPM -1 - Wistar, dez animais de cada sexo por grupo, alimentados de 21 a 98 dias de idade com as racoes R1 (peletizada), R2 (peletizada autoclavada a l2lºC/30 minutos) R3 (extrusada) e R4 (extrusada autoclavada a l2lºC/3O minutos). Nas racoes foram feitas analises microbiologicas, quimicas e dosagem de vitamina A e E. Na analise quimica observou-se que os valores estavam geralmente muito acima dos padroes estabelecidos, sendo que apenas a dosagem da vitamina E apresentou valores menores do que o recomendado nas quatro racoes observadas. Na analise microbiologica, foram encontrados niveis de contaminacao (bacterias mesofilas) variaveis, dependendo das amostras dos grupos R1, R2 e R3. A racao R4 permitiu esterilizacao mais eficiente que a R2, possivelmente devido a sua maior porosidade. As racoes extrusadas mantiveram boa qualidade sanitaria mesmo apos um periodo de 180 dias de estocagem. Nos animais foi verificado o ganho de peso, gasto de racao, reprodutividade e anatopatologia de rim, baco, figado e coracao. Nas curvas de peso corporal, gasto de racao e nos pesos dos orgaos foram observadas apenas diferencas pontuais provavelmente nao decorrentes da racao utilizada. Na analise de reprodutividade nao foram observadas diferencas' significativas no tamanho da ninhada, peso medio dos recem-nascidos, taxa de mortalidade pre-desmame e peso medio do recem-desmamado. Observou-se entretanto maior intervalo entre as gestacoes no grupo R4 em relacao a R1 e R2 por razoes ainda desconhecidas. De forma geral, a racao extrusada pode ser utilizada apos longos periodos de estocagem, apresentando qualidade nutricional comparada as racoes ja existentes no mercado, com a unica desvantagem na presente formulacao, de aumentar o intervalo gestacional das femeas
Assunto Animais
Ratos
Ração Animal
Animais de Laboratório
Dieta
Animais
Ratos
Idioma Português
Data 1998
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1998. 106 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16083

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta