Significado da alteração da alanina aminotransferase em doadores de sangue

Significado da alteração da alanina aminotransferase em doadores de sangue

Título alternativo Significance of elevated alanine aminotransferase levels in blood donors
Autor Khouri, Sandra Tuma Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Maria Lucia Cardoso Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo De 408 pacientes encaminhados de bancos de sangue com alteracao da alanina aminotransferese (ALT) e com HBsA9 e anti-HCV negativos, foram estudados 359, avaliando-se os caracteristicas epidemiologicas, clinicas, sorologicas e histopatologicas. Destacaram-se, com maior frequencia, a obesidade (81 por cento ) e o consumo de alcool (74 por cento ); a associacao da obesidade e do consumo de alcool ocorreu em 55 por cento dos casos. Foram detectados 5 casos (l,4 por cento ) de infeccao pelo virus da hepatite C, cujas sorologias haviam sido negativos no banco de sangue. Apos seis meses de acompanhamento, os doadores foram divididos em dois grupos: Grupo I (normalizou a ALT ate o sexto mes) e Grupo II (ALT persistentemente alterada). No grupo que permaneceu com ALT elevada houve, em relacao ao grupo I, predominio do sexo masculino, maior nivel de ALT do banco de sangue e maior prevalencia de hepatomegalia, obesidade e anti-HCV positivo (P< O,001). No Grupo II, apos os seis meses, foi indicado biopsia hepatica, realizado em 49 pacientes (22 por cento do grupo). O achado histologico mais frequente foi a esteatose hepatica (67 por cento ), seguido de figado reacional (8 por cento ); esteato-hepatite (6 por cento ), hepatite cronica (6 por cento ), esquistossomose (4 por cento ), fibrose portal (2 por cento ), doenca hepatobiliar (2 por cento ); 4 por cento dos biopsias fori2rn inconclusivcls. A ultra-sonografia de abdome (US), quando comparado com os resultados de biopsia hepatica, mostrou uma baixa concordancia (kappa= O,39); porem, no compararmos US e biopsia hepatica em relacao ao diagnostico de esteatose hepatica, houve uma boa concordancia (kappa= O,56), com uma sensibilidade de 77 por cento , especificidade de 89 por cento e acuracia de 80 por cento . Ao compararmos os diferentes graus de esteatose e a presenca de esteato-hepatite com a intensidade da obesidade, observamos uma tendencia de associacao entre as duas variaveis(P=0,07). ). Entretanto, diferentes niveis de consumo de alcool nao se relacionaram com graus de infiltracao gordurosa hepatica. Apesar do consumo de alcool ter sido um fator frequente nessa casuistica, a doenca hepatica alcoolica nao pareceu representar importante papel na elevacao da ALT. Por fim, a ALT foi um exame util para detectar casos de infeccao pelo virus C, que nao havia sido previamente diagnosticados no exame de triagem sorologica do banco de sangue
Assunto Doadores de Sangue
Alanina Transaminase
Blood Donors
Alanine Transaminase
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 86 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 86 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16131

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta