Importância de células apresentadoras de antígeno em determinar padrão TH1/TH2 em camundongos resistentes e suscetíveis a paracoccidioidomicose

Importância de células apresentadoras de antígeno em determinar padrão TH1/TH2 em camundongos resistentes e suscetíveis a paracoccidioidomicose

Título alternativo Importance of antigen-presenting cells in determining the Th1/Th2 pattern in experimental paracoccidioidomycosis
Autor Almeida, Sandro Rogério de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Lopes, Jose Daniel Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Paracoccidioidomicose e uma micose sistemica, endemica na America Latina, causada pelo fungo dimorfico termico Paracoccidioides brasiliensis (Pb). A infeccao pode levar a diferentes formas clinicas que estao associados com varios graus de supressao da resposta imune celular. No modelo murino foram determinadas duas principais linhagens de camundongos isogenicos, A/Sn e BLO.A, que sao resistentes e suscetiveis, respectivamente a infeccao pelo o fungo. Assumindo que a resposta imune efetora e mediada pela ativacao preferencial de celulas do tipo Th1, e nao de celulas Th2, no presente trabalho avaliou-se a importancia de diferentes celulas apresentadoras de antigeno (macrofagos, linfocitos B e celulas dendriticas) no desenvolvimento de uma resposta imune contra Pb. Em camundongos resistentes, gp43, o mais importante componente antigenico de Pb, e preferencialmente apresentado por macrofagos e celulas dendriticas, que estimulam producao de citocinas do tipo Th1 por linfocitos T. Por outro lado, em animais suscetiveis, gp43 foi preferencialmente apresentada por celulas B que induziu a ativacao de celulas do tipo Th2. Alem disso, celulas T de camundongos resistentes responderam como se fossem de animais suscetiveis quando estimulados por gp43 apresentada por macrofagos e linfocitos B de camundongos suscetiveis e vice-versa, indicando que nao existe diferenca significante no repertorio de linfocitos T de camundongos A/Sn e BLO.A. Quando celulas T de camundongos F1 (A/Sn x BLO.A) foram estimulados por gp43 apresentada por macrofagos e linfocitos B de camundongos A/Sn e BIO.A, observou-se que macrofagos de BLO.A estimularam com baixa efiCiência a ativacao de celulas Th1 e celulas B de camundongos BLO.A estimularam linfocitos T a secretarem elevados niveis de IL-10. Portanto, nossos resultados sugerem que celulas apresentadoras de antigeno podem estar envolvidas na evolucao da infeccao por Pb
Assunto Paracoccidioides
Paracoccidioidomicose
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 120 p. ilus., tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16138

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta