As repercussões familiares da hospitalização do recém-nascido na UTI neonatal: construindo possibilidades de cuidado

As repercussões familiares da hospitalização do recém-nascido na UTI neonatal: construindo possibilidades de cuidado

Título alternativo Familial repercussions caused by the newborn infant permanence in a NICU
Autor Gomes, Maria Magda Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Espósito, Vitória Helena Cunha Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo teve como objetivo analisar as repercussoes familiares da hospitalizacao do recem-nascido na UTI Neonatal. A abordagem para o acesso ao seu mundo-vida foi a pesquisa qualitativa de natureza fenomenologico-hermeneutica, sendo entrevistados familiares e elementos da equipe de enfermagem a partir questao norteadora: Como a familia percebe as repercussoes na sua vida familiar por se encontrar com o recem-nascido na UTI? As categorias emergidas da interpretacao hermeneutica foram: a cotidianidade, a afetividade, o movimento vivido entre a aproximacao e o distanciamento do recem-nascido, a rede de apoio acessada para o enfrentamento da experiencia vivida e o cuidado. A partir da compreensao e interpretacao dos relatos das entrevistas realizou-se reflexoes no sentido de rever e propor possibilidades para o ensino e a pratica de enfermagem comprometido com a promocao humana da familia do recem-nascido em uma UTI Neonatal
Assunto Enfermagem neonatal
Recém-nascido
Fatores de risco
Família
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 238 p. ilus.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 238 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16150

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta