Diagnósticos e intervenções de enfermagem em pacientes submetidos a laringectomia total e parcial

Diagnósticos e intervenções de enfermagem em pacientes submetidos a laringectomia total e parcial

Título alternativo Nursing diagnoses and interventions in patients submitted to total and partial laringectomy
Autor Carmagnani, Maria Isabel Sampaio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Behlau, Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo teve por objetivo contribuir para a reabilitacao dos pacientes submetidos a cirurgia total e parcial, procurando conhecer os diagnosticos de enfermagem segundo a taxonomia da NANDA - North American Nursing Diagnosis Association, identificar os diagnosticos com maior frequencia e verificar as diferencas entre os pacientes dos tres grupos e entre os sexos. Participaram deste estudo 61 pacientes do ambulatorio de disturbios da comunicacao humana da UNIFESP - EPM, sendo que 45 haviam sido submetidos a cirurgia total, 6 a vertical e 10 a horizontal, no periodo de setembro de 1996 a dezembro de 1997. Foram realizadas consultas de enfermagem e formulados 469 diagnosticos, distribuidos em 39 categorias diagnosticas. A analise dos resultados nao demonstrou diferenca significante entre os pacientes do sexo masculino e feminino e entre os tres grupos de pacientes em relacao a idade, tempo de pos-operatorio e quanto ao numero de diagnosticos. Considerando os 61 pacientes verificou-se uma desigualdade significante em relacao a distribuicao dos diagnosticos, sendo que se destacaram: risco para infeccao, 95 por cento ; comunicacao verbal prejudicada, 90 por cento ; risco para desobstrucao traqueobronquica ineficaz, 70 por cento ; senso-percepcao alterada: olfato, 57,4 por cento ; mucosa oral alterada, 52,9 por cento ; risco para mucosa oral alterada, 45,9 por cento e isolamento social, 45,9 por cento . As mulheres tiveram maior numero de diagnosticos do que os homens, destacando-se os da area psicossocial. Os pacientes submetidos a cirurgia horizontal tiveram maior numero de diagnosticos da area fisica do que os outros dois grupos e os pacientes com menos de um ano de pos-operatorio tiveram maior numero de diagnosticos do que os operados ha um ano ou mais. Este estudo permitiu a elaboracao de um protocolo de intervencoes de enfermagem para pacientes em reabilitacao da laringectomia total ou parcial
Assunto Laringectomia
Diagnóstico de Enfermagem
Cuidados de Enfermagem
Reabilitação
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 90 p. tab., graf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 90 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16177

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta