Indução da produção antígeno-específica de interleucina 10 por células mononucleares do sangue periférico de profissionais da área de Saúde com exposição ocupacional ao vírus da imunodeficiência humana tipo 1

Indução da produção antígeno-específica de interleucina 10 por células mononucleares do sangue periférico de profissionais da área de Saúde com exposição ocupacional ao vírus da imunodeficiência humana tipo 1

Título alternativo Induction of antigenic-specific interleukin 10 production os peripheral blood mononuclear cells of health workers with human immunodeficiency type 1 occupational expossure
Autor Rodrigues, Denise do Socorro da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Salomão, Reinaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A taxa de infeccao apos exposicao ocupacional ao HIV-1 em profissionais da area de Saúde, e estimada em O,3 por cento . Alguns fatores tem sido relacionados a um risco aumentado de soroconversao como o tamanho do inoculo e o estadio clinico do paciente-fonte. Estudos analisando parametros imunologicos apos exposicao ocupacional ao HIV-1, como a producao de IL-2 por celulas mononucleares do sangue periferico (CMSPs), mostraram um maior numero de individuos com resposta positiva apos exposicao ao virus, que no grupo controle (75 e 11 por cento respectivamente). A resposta de CTL foi de 35 por cento no grupo exposto ao HIV-1 e O por cento no grupo controle (CLERICI e cols., 1994; PINTO e cols., 1995). Demonstrou-se que a IL-10 pode interferir com a infeccao pelo HIV-1 in vitro, porem o seu papel na infeccao in vivo nao esta bem determinado. Estudos observaram que a infeccao de macrofagos pelo HIV-1 induziu a producao de IL-10 e a adicao de IL-10 a cultura de macrofagos reduziu a replicacao viral (AKRIDGE e cols., 1994, KOOTSTRA e cols., 1994). Avaliamos a producao de IL-10 por CMSPs apos estimulo com HIV-1 in vitro, em profissionais da area de Saúde com exposicao ocupacional ao virus. Dezoito profissionais com exposicao parenteral a sangue contaminado foram envolvidos neste estudo. Nove apos exposicao a sangue contaminado com HIV-1 e nove apos acidentes com sangue de pacientes soronegativos. Amostras de sangue foram obtidas no dia do acidente e no primeiro, terceiro e sexto mes apos a exposicao. As celulas mononucleares do sangue periferico desses individuos, na concentracao de 2XlO6 celulas/ml, foram incubadas com antigenos do HIV-1, fitoemaglutinina e meio de cultura por 48 horas. Sobrenadantes foram obtidos e
Assunto Interleucina-10
HIV-1
Ocupações em saúde
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 105 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16195

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta