Avaliacao das caracteristicas da producao fonoarticulatoria e das habilidades auditivas de criancas com dessonorizacao

Avaliacao das caracteristicas da producao fonoarticulatoria e das habilidades auditivas de criancas com dessonorizacao

Título alternativo Evaluation of the characteristics of speech production and the auditory abilities of children with no sonorousness
Autor Saes, Sandra de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente estudo teve como objetivo caracterizar as habilidades praxicas fonoarticulatorias por meio de programa acustico computadorizado e o desempenho das habilidades auditivas por meio da Triagem do Processamento Auditivo Central (TPAC) e do Teste de Contraste: discriminacao do traco de sonoridade (TC), de criancas com dessonorizacao na fala e que frequentam terapia fonoaudiologica no municipio de Bauru. De 50 individuos selecionados com base em 1050 que frequentam o servico de terapia fonoaudiologica publico e privado, contamos . com a participacao de 18 criancas com dessonorizacao na fala sem evidencias de outros comprometimentos na area fonoaudiologica. Este grupo constou de 10 criancas do sexo masculino e 8 do sexo feminino com faixa etaria variando de 6 a 9 anos incompletos. A analise do comportamento auditivo mostrou que 66,67 por cento das criancas apresentam prejuizo nas habilidades de localizacao ou memoria para sons em sequencia (TPAC) e 88,89 por cento das criancas apresentam prejuizo da discriminacao auditiva com e sem ruido (TC). Os pares de fonemas que mostraram maior ocorrencia de falhas foram: /s/ x /z/; /Y/ x/YZ/ /k/ x /g/. O numero de emissoes de /a/, /pa/ e /ba/ das criancas com dessonorizacao foi estatisticamente menor estatisticamente significante quando comparada ao numero de emissoes de /a/, /pa/ e /ba/ das criancas sem evidencias de comprometimento fonoarticulatorio. A analise acustica computadorizada da producao de fala evidenciou o prolongamento articulatorio como a estrategia utilizada para obter a sonorizacao, o que acarretou diminuicao do ritmo desta. Da casuistica avaliada, 94,44 por cento apresentaram alteracao no processo gnosico auditivo e praxico articulatorio
Assunto Humanos
Criança
Percepção Auditiva
Transtornos da Articulação
Audição
Humanos
Criança
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 121 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 121 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16198

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta