Esquema terapeutico (doses, intervalos e numero de injecoes) da gonadotrofina corionica humana no criptorquidismo

Esquema terapeutico (doses, intervalos e numero de injecoes) da gonadotrofina corionica humana no criptorquidismo

Título alternativo Therapeutic scheme (doses, intervals and number of injections) of the human chorionic gonadotropin in the cryptorchidism: systematic revision of the literature
Autor Del Nero, Rozemeire Garcia Marques Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto. Historicamente o criptorquidismo tem sido definido como um defeito no desenvolvimento em que o testiculo permanece dentro da cavidade abdominal. Devido ao uso corrente, o termo criptorquidismo tomou-se sinonimo de testiculos nao-descidos. A literatura aguarda evidencias validas ha mais de 200 anos para a decisao sobre o tratamento do criptorquidismo. Assim, decidimos realizar uma revisao sistematica com o objetivo de sintetizar as evidencias clinicas relacionadas com o esquema terapeutico do GCh intramuscular no criptorquidismo. Objetivos. Avaliar a eficacia e seguranca do esquema terapeutica hormonal no criptorquidismo com gonadotrofina corionica humana intramuscular. Tipo de estudo. Revisao sistematica com metanalise de ensaios clinicos randomizados (RCTs). Fontes de informacao. Bases de dados computadorizadas (Medline, Embase, Lilacs, Cochrane Controlled Trials Database) sem limite de data, lingua ou outras restricoes. Busca manual de revistas e anais de congressos e por meio de comunicacao pessoal com especialistas e com a industria farmaceutica. Verificacao das referencias bibliograficas dos estudos selecionados. Data da ultima busca 1811 111998. Criterios de selecao. Tipo de estudo: ensaios clinicos randomizados. Participantes: criancas com criptorquidismo verdadeiro diagnosticadas com exame fisico minucioso. Intervencao: GCh IM comparando as doses e intervalos de administracao. Variaveis: descida testicular completa, descida testicular incompleta, tamanho do testiculo descido, infertilidade, degeneracao maligna, niveis plasmatico hormonais (LH, FSH e Testosterona) e efeitos colaterais. Coleta de dados e analise. Dois autores realizam de forma independente a estrategia de busca, selecao dos estudos, avaliacao critica, coleta, analise e interpretacao dos dados. A avaliacao critica foi realizada observando a randomizacao, o mascaramento e as perdas/exclusoes. A analise principal inclui todas as RTCs com criancas com criptorquidismo verdadeiro tratadas com GCh. Foram realizadas duas analises com o uso do GCh em doses distintas e intervalos diferentes. Na analise estatistica foi utilizado o metodo de Peto Odds Ratio, com os resultados nao significantes apresentados em Reducao de Risco Absoluto (RRA) e nos casos significantes como Reducao de Risco Relativo (RRR) e Numero Necessario a Tratar (NNT), com seus respectivos intervalos de confianca de 95 por cento (95 por cento ). Resultados. Apenas dois estudos foram ...(au)
Assunto Criptorquidismo
Gonadotropina Coriônica
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 54 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 54 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16207

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta