Efeitos da toxina TsTX-I do escorpião Titus serrulatus sobre a neurotransmissão simpática no ducto deferente de rato e célula cromafim bovina

Efeitos da toxina TsTX-I do escorpião Titus serrulatus sobre a neurotransmissão simpática no ducto deferente de rato e célula cromafim bovina

Título alternativo Effects of toxin TsTX-I from the scorpion Titus serrulatus on the sympathetic neurotransmisson of rat vas deferens and bovine chromaffin cells
Autor Conceição, Isaltino Marcelo da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jurkiewicz, Aron Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo 1. Contracao induzida por TsTX-I ou veratridina no ducto deferente de rato: Tanto a TsTX-I como a veratridina induzem contracao no ducto deferente de rato. A contracao eliciada pela TsTX-I se inicia rapidamente apos a aplicacao da toxina atingindo um pico maximo ao redor de 1-2 minutos. Apos atingir o maximo o orgao inicia uma relaxamento gradual e quase completo. Em contraste, a contracao provocada pela veratridina possui um inicio mais lento e segue contraindo ate o final do periodo experimental. Os efeitos das duas toxinas sao irreversiveis. A TsTX-I e cerca de 200 vezes mais potente que a veratridina em induzir contracao no ducto deferente de rato, apesar de apresentarem a mesma eficacia. 2. Liberacao de catecolaminas na celula cromafim bovina As duas toxinas sao capazes de liberar catecolaminas das celulas cromafins bovinas. Novamente, a TsTX-I e cerca de 200 vezes mais potente que a veratridina. Entretanto, na celula cromafim bovina a TsTX-I e muito menos eficaz que a veratridina em liberar noradrenalina e adrenalina (nas doses aximas, a veratridina libera cerca de 10 vezes ma is catecolaminas que a TsTX-I. 3. Efeitos da TsTX-I sobre as correntes de sodio na celula cromafim bovina A TsTX-I produz um deslocamneto da dependencia de voltagem para a ativacao dos canais de sodio para potenciais mais negativos, alem de reduzir a corrente de sodio que flui por esses canais. 4. Efeitos da concentracao de calcio extracelular Quando altas concentracoes de calcio extracelular sao utilizadas, observando-se um sinergismo entre a TsTX-I e a veratridina. Esse sinergismo foi observado tanto no ducto deferente de rato(avaliado pela contracao desse orgao) como na celula cromafim bovina (avaliado atraves da secrecao de catecolaminas, captacao de 45Ca2+ e das oscilacoes de calcio intracelular. 5. Efeitos de bloquadores de canais de calcio sensiveis a voltagem Na celula cromafim bovina, as oscilacoes de calcio intracelular induzida por TsTX-I e veratridina utilizadas em associacao foram prevenidas pelo bloqueio dos canais de calcio sensiveis a voltagem. No ducto de rato, o bloqueio de canais dos tipos N e P/Q nao afetou a contracao induzida por TsTX-I, mas o bloqueio de canais de calcio do tipo N produziu uma pequena depressao da contracao induzida pela veratridina. 6. Participacao dos componentes adrenergico e purineegico na contracao induzida por TsTX-I em ducto deferente de rato. Verificamos que aTsTX-I parece causar a liberacao preferencial de ATP ...(au)
Assunto Ducto Deferente
Células Cromafins
Canais de Sódio
Toxinas Biológicas
Venenos de Escorpião
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 148 p. ilus., tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 148 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16246

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta