Estudo normativo do eletrorretinograma de campo total em adultos jovens

Estudo normativo do eletrorretinograma de campo total em adultos jovens

Título alternativo Normative values for full-field electroretinogram in healthy young adults
Autor Pereira, Josenilson Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Mendieta, Luana Autor UNIFESP Google Scholar
Sacai, Paula Yuri Autor UNIFESP Google Scholar
Salomão, Solange Rios Autor UNIFESP Google Scholar
Berezovsky, Adriana Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To determine normative data for full-field electroretinogram (ERG) in a healthy young adult group, according to the guidelines of a standard protocol recommended by the International Society for Clinical Electrophysiology of Vision (ISCEV). METHODS: A group of 42 healthy normal volunteers aged from 15 to 26 years (mean=20.8 ± 2.9 years) was recruited. Full-field electroretinogram (ERG) was recorded using a bipolar contact lens electrode according to the International Society for Clinical Electrophysiology of Vision standard protocol, including the following responses: a) scotopic rod response; b) scotopic maximal response; c) scotopic response for oscillatory potentials; d) photopic single-flash cone response and e) photopic 30 Hz flicker for cone response. RESULTS: Mean (± 1 SD) peak-to-peak amplitude was 241.1 ± 66.9 µV for rod response; 385.4 ± 71.8 µV for maximal response; 180.6 ± 48.6 µV for oscillatory potentials; 102.6 ± 36.3 µV for single-flash cone response and 69.2 ± 26.6 µV for light adapted 30 Hz flicker response. Mean b-wave implicit time was 85.2 ± 7.6 ms for rod response; 45.6 ± 2.0 ms for maximal response; 27.8 ± 1.2 ms for single-flash cone response and 27.9 ± 1.2 ms for 30 Hz flicker response. Comparable values were obtained from males and females, but the scotopic maximal response of females showed statistically larger amplitudes (t=2.06; P=0.04). CONCLUSIONS: The results obtained in this study are comparable to those previously reported in the literature and will be helpful to evaluate patients with several retinal disorders. Inclusion of other age groups will provide extended normative data.

OBJETIVOS: A proposta deste estudo é estabelecer valores normativos para o eletrorretinograma (ERG) de campo total, em um grupo de voluntários adultos jovens segundo o protocolo padrão recomendado pela Sociedade Internacional de Eletrofisiologia Visual Clínica (ISCEV). MÉTODOS: Participaram deste estudo 42 voluntários normais com idades variando de 15 a 26 anos, sendo 20 homens e 22 mulheres. Os eletrorretinogramas de campo total foram obtidos com eletrodos de lente de contato bipolares e seguiram as 5 etapas do protocolo da Sociedade Internacional de Eletrofisiologia Visual Clinica: a) resposta de bastonetes; b) reposta máxima; c) potenciais oscilatórios; d) resposta máxima de cones; e) resposta de cones ao flicker 30 Hz. Os parâmetros analisados foram a amplitude de resposta do pico da onda-a até o pico da onda-b (pico a pico em miV) e o tempo de culminação da onda-b (ms). RESULTADOS: As médias (± 1 desvio padrão) da amplitude pico a pico foram: resposta de bastonetes - 241,1 ± 66,9 µV; resposta máxima - 385,4 ± 71,8 µV; potenciais oscilatórios - 180,6 ± 48,6 µV; resposta de cones -102,8 ± 36,3 µV e flicker 30 Hz - 69,2 ± 26,6 µV. Para o tempo implícito da onda-b os valores foram: resposta de bastonetes - 85,2 ± 7,6 ms; resposta máxima -45,6 ± 2,0ms; resposta de cones - 27,8 ± 1,2ms e flicker 30 Hz - 27,9 ± 1,2 ms. Os resultados foram comparáveis entre os grupos masculino e feminino, exceto para a resposta máxima em que as mulheres obtiveram amplitudes estatisticamente maiores (t=2,06; P=0,046). CONCLUSÃO: Os valores encontrados estão de acordo com dados normativos da literatura e são fundamentais para o diagnóstico correto de disfunções retinianas em pacientes na mesma faixa etária. Inclusão de outras faixas etárias e o aumento no número de sujeitos testados são necessários para estender valores normativos para o eletrorretinograma.
Assunto Electroretinography
Reference values
Adult
Eletrorretinografia
Valores de referência
Adulto
Idioma Português
Data 2003-01-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 66, n. 2, p. 137-144, 2003.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Editor Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 137-144
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492003000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492003000200005 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1630

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-27492003000200005.pdf
Tamanho: 267.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta