Neoplasias de glândulas salivares: estudo de 119 casos

Neoplasias de glândulas salivares: estudo de 119 casos

Título alternativo Salivary gland neoplasms: a study of 119 cases
Autor Santos, Gilda Da Cunha Autor UNIFESP Google Scholar
Martins, Marcos Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Pellacani, Lucila Böheme Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, Ana Cristina Trench Autor UNIFESP Google Scholar
Nascimento, Luiz Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Abrahão, Márcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
CNPq
Resumo BACKGROUND: The purpose of this study was to review clinicopathological aspects of salivary glands tumours from 1980 through 1997 at Departament of Pathology of Paulista School of Medicine - Federal University of São Paulo - UNIFESP. METHODS: We retrospectively evaluated 205.967 pathological reports and we found 119 salivary gland tumours, 93 benign neoplasms (78%) and 26 malignant tumours (22%). RESULTS: The age range was 6-74 years (mean age 40 years), 71 cases were in female (60%) and 48 cases were in male (40 %). The distribution of tumours in various sites were 84 cases of parotid tumours (70.6%), 23 cases of submandibular (19.3%), 11 cases of minor (oropharyngeal) glands (9.24%) and just one case of sublingual gland tumour (0.86%) . Pleomorphic adenoma forming 59.7% of the total salivary gland tumours, Warthin's tumour forming 10% of the series, adenoid cystic carcinoma forming 9.3% and mucoepidermoid carcinoma forming 8.4%. CONCLUSIONS: Some aspects like distribution of tumour in relation to the site and histopathological pattern are very important to considered in the treatment of the disease and prognosis.

OBJETIVO: Revisão dos achados clinicopatológicos dos tumores de glândulas salivares diagnosticados no período de 1980 a 1997 no Departamento de Patologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) (EPM/UNIFESP). MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo de 205.967 diagnósticos anatomopatológicos e encontrados 119 casos de neoplasias de glândulas salivares, sendo 93 (78%) neoplasias benignas e 26 (22%) malignas. RESULTADOS: A idade variou de 6 a 74 anos (média de 40 anos), sendo 71 (60%) pacientes do sexo feminino e 48 (40%) do sexo masculino. Com relação à topografia, 84 (70,6%) casos foram de parótida, 23 (19,3%) de glândula submandibular, 11 (9,24%) de glândulas salivares menores e um (0,86%) de glândula sublingual. Quanto ao tipo histológico, os tumores corresponderam a 59,7% de adenomas pleomórficos, 10% de cistoadenomas papilíferos linfomatosos (tumor de Warthin), 9,3% de carcinomas adenóides císticos e 8,4 % de carcinomas mucoepidermóides. CONCLUSÃO: O padrão de distribuição dos tumores de glândulas salivares foi semelhante ao encontrado em outras séries. A análise desta distribuição permite identificar variáveis como localização e padrão histológico, subsídios importantes que devem ser considerados no tratamento e em estudos de marcadores prognósticos.
Assunto Salivary glands
Tumors
Glândulas salivares
Tumores
Idioma Português
Data 2003-01-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 39, n. 4, p. 371-375, 2003.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 371-375
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442003000400016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442003000400016 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1635

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1676-24442003000400016.pdf
Tamanho: 67.73Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta