Estudo da expressao da glicoproteina CD44 padrao, por tecnica imunohistoquimica, como fator prognostico na neoplasia urotelial da bexiga

Estudo da expressao da glicoproteina CD44 padrao, por tecnica imunohistoquimica, como fator prognostico na neoplasia urotelial da bexiga

Título alternativo Immunohistochemical study of expression CD44 standard as a prognostic factor in human bladder cancer
Autor Lipay, Marco Aurelio SIlva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A glicoproteina CD44 tem sido estudada e associada a progressao de tumores, alem de apresentar uma relacao com a capacidade de invasao tecidual e metastase. A determinacao especifica do papel da CD44 no comportamento clinico dos diferentes tipos de cancer humano ainda nao foi definida completamente. O objetivo do presente trabalho foi estudar por metodos imunohistoquimico, a expressao da CD44 padrao como fator prognostico em pacientes portadores de urotelioma vesical superficial no momento do diagnostico. A expressao da glicoproteina CD44 foi estudada em 49 pacientes portadores de urotelioma vesical. As amostras foram analisadas por meio de laminas de cortes histologicos de material fixado em blocos parafinados, obtidos pelo ato cirurgico. Foram excluidos os pacientes com urotelioma que acometia a lamina propria (pT1) e os portadores de carcinoma in situ (pTis). Dos 49 pacientes selecionados, 31 (63,2 por cento) apresentaram uroteliomas superficiais (pTa), dos quais 14 (45,2 por cento) evoluiram com invasao da camada muscular da bexiga no decorrer do acompanhamento, os quais foram considerados como grupo de interesse. Dezoito pacientes (36,8 por cento) apresentavam tumor invasivo (pT2-pT4) no momento do diagnostico e 11 das amostras de tecido vesical eram livres de neoplasias, sendo utilizadas como grupo controle. O estudo revelou uma perda progressiva da expressao da CD44 relacionada ao estadio tumoral. A proteina estava expressa em 94,1 por cento dos casos de urotelioma superficiais e ausente em 61,1 por cento dos tumores invasivos. A especificidade do metodo imunohistoquimico em detectar alteracoes na expressao da CD44 em uroteliomas superficiais (Ta) no momento do diagnostico e sua relacao com a progressao tumoral foi de 28,5 por cento. Os resultados apresentados no presente trabalho indicam que a expressao da CD44 padrao, por metodo imunohistoquimico, pode ser utilizada como um poderoso marcador metastatico e deve ser considerada com ressalvas quando da determinacao do prognostico para uroteliomas superficiais (pTa) no momento do diagnostico
Assunto Antígenos CD44
Urotélio
Neoplasias da Bexiga Urinária
Imuno-Histoquímica
Neoplasias por Tipo Histológico
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 100 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16366

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta