Excreção urinária de fenol em trabalhadores de indústrias de calçados expostos ao benzeno

Excreção urinária de fenol em trabalhadores de indústrias de calçados expostos ao benzeno

Título alternativo Urinary output of phenol in workmen exposed to benzene in the shoe industry
Autor Fernícola, Nilda Gallego Gándara De Google Scholar
Wakamatsu, Celina Tamie Autor UNIFESP Google Scholar
Mendes, René Autor UNIFESP Google Scholar
Moraes, Ester De Camargo Fonseca Google Scholar
Instituição Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Básico e de Defesa do Meio Ambiente Superintendência de Avaliação do Ruído e Qualidade do Ar
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo The authors analised the urinary excretion of phenol of a group of 79 shoemakers from Franca (State of S. Paulo - Brazil) and of 65 persons who make shoes at home for shoe factories in the city of São Paulo, in order to evaluate their occupational exposure to benzene present in the adhesives they use. The average values of 6.5 mg/g and 4.2 mg/g creat, respectively, lead the authors to conclude that the two populations have different degress of exposure. The first population (workers from Franca) ought to be placed, at least in the prepathogenic period of chronic occupational poisoning.

Foi utilizada a excreção urinária de fenol como indicador biológico de exposição profissional ao benzeno, em uma amostra populacional de 79 trabalhadores de indústrias de calçados no município de Franca, SP, Brasil e em 65 pessoas que realizam trabalhos domésticos com colas, contendo benzeno, para indústrias de calçados no município de São Paulo. Os valores médios encontrados, respectivamente 6,5 e 4,2 mg/g de creatinina, permitiram caracterizar diferentes graus de exposição. A primeira população (trabalhadores de indústrias de calçados de Franca), pôde ser considerada como um todo, pelo menos, no ((período pré-patogênico da intoxicação profissional pelo benzeno.
Assunto Benzene
Toxicology, industrial
Occupational health
Benzeno
Saúde ocupacional
Toxicologia industrial
Idioma Português
Data 1976-12-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 10, n. 4, p. 327-333, 1976.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 327-333
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101976000400006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101976000400006 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/164

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101976000400006.pdf
Tamanho: 787.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta