Análise da configuração toracoabominal e do volume corrente durante a realização de exercícios respiratórios, em indivíduos sadios

Análise da configuração toracoabominal e do volume corrente durante a realização de exercícios respiratórios, em indivíduos sadios

Título alternativo Analysis of thoracoabdominal configuration and tidal volume in breathing exercises in health subjects
Autor Feltrim, Maria Ignez Zanetti Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: os fisioterapeutas rotineiramente aplicam tecnicas denominadas de exercicios respiratorios, impondo contracoes musculares seletivas, voluntarias e controladas. Embora empregadas desde o seculo passado, pouca atencao tem sido dispensada para analise de seus mecanismos de acao e de seus efeitos. OBJETIVO.- Estudar o comportamento da configuracao toracoabdominal e o volume corrente durante a realizacao de exercicios respiratorios dos tipos diafragmatico, costal basal, suspiros inspiratorios, inspiracao maxima, inspiracao abreviada e de tempos respiratorios equivalentes, em individuos sadios, treinados e nao treinados, nas posicoes de decubito dorsal, sentada, decubitos esquerdo e direito, utilizando o sistema de pletismografia respiratoria por indutancia. CASUISTICA- Vinte individuos, do sexo masculino, com media de idade de 28,1n4,6 anos, peso de 59,3n8,6 quilos, altura de 160n8 cm e indice de massa corporea de 22,0n2,4 kglm2, foram estudados. O grupo de nao treinados (NT) foi composto por 10 pessoas, que fizeram os exercicios pela primeira vez apos rapida explicacao, e o grupo de treinados (T) foi constituido por 10 fisioterapeutas que conheciam bem os exercicios e os ensinam com frequencia em sua pratica diaria. Os grupos eram homogeneos e todos tinham espirometria normal. MATERIAL: 1. Coleta dos registros pelo sistema de pletismografia respiratoria por indutancia; 2. Calibracao do sistema pelo metodo dos minimos quadrados- 3. Sistema microcomputadorizado para obtencao das variaveis da configuracao toracoabdominal (Tx por cento, Abd por cento e MCA/VC), volume corrente (VC); tempos respiratorios (TI, TE, TTOT, f). ESQUEMA DO ESTUDO: Foram estudados 1. os exercicios respiratorios dos tipos diafragmatico e costal basal. 2. os exercicios suspiros inspiratorios, inspiracao maxima e inspiracao abreviada realizados com estimulo manual na regiao inferior e com estimulo manual na regiao abdominal. 3. O exercicio tempos respiratorios equivalentes. Analise estatistica pelo metodo Profile Analisys, com nivel de significancia e p=0,05. RESULTADOS: 1. O exercicio diafragmatico promoveu maior deslocamento do compartimento abdominal, Abd por cento= 86 por cento e manteve do indice de coordenacao toracobadominal dentro do limite de 1,10; o exercicio costal basal deslocou predominantemente o componente toracico, Tx por cento= 60 por cento, mas desencadeou descoordenacao torocoabdominal, MCA/VC=1,18 na posicao sentada e 1,25...(au)
Assunto Exercícios respiratórios
Pletismografia/métodos
Postura/fisiologia
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 146 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 146 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16456

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta