Correlacao e correspondencia topografica entre achados campimetrios e espessura da camada de fibras nervosas da retina no glaucoma primario de angulo aberto

Correlacao e correspondencia topografica entre achados campimetrios e espessura da camada de fibras nervosas da retina no glaucoma primario de angulo aberto

Título alternativo Correlation and topografic match between visual field loss and nerve layer thickness im primary open angle glaucoma
Autor Almeida, Paula Boturao de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Oitenta e dois olhos de 48 pacientes com diagnostico de glaucoma primario de angulo aberto foram estudados com o objetivo de verificar a relacao entre as alteracoes campimetricas (funcionais) medidas pelo campimetro computadorizado Humphrey (white-white), e as alteracoes na espessura da camada de fibras nervosas da retina (anatomicas) medidas pelo polarimetro de varredura a laser GDxO Scanning Laser System ©. Foram investigadas as seguintes correlacoes: la- Correlacao entre a media da sensibilidade dos quadrantes e do ponto de fixacao do campo visual, em decibeis, e a media da espessura da camada de fibras nervosas da retina correspondente, em micra, sem classificacao dos olhos dos pacientes quanto ao estadio do comprometimento campimetrico, assim : CV total e GDX total; CV nasal (medial) inferior e GDX superior; Limiar foveal e GDX temporal (lateral); CV nasal (medial) superior e GDX inferior; CV temporal (lateral) e GDX nasal (medial). 1b- Correlacao entre a media da sensibilidade do campo visual superior e inferior, em decibeis, e a media da espessura da camada de fibras nervosas da retina inferior e superior, em micra, respectivamente, sem classificacao dos olhos dos pacientes quanto ao estadio do comprometimento campimetrico. 2- A mesma correlacao anterior, porem, com os olhos dos pacientes distribuidos em classes quanto a alteracao campimetrica. 3- Correlacao entre os indices globais do campo visual e os indices numericos do analisador de espessura da camada de fibras nervosas da retina. 4- Correlacao entre a media dos valores do grafico total deviation do campo visual e o desvio da normalidade da camada de fibras nervosas da regiao correspondente. Utilizou-se o Coeficiente de Correlacao de Spearman, sendo o nivel de rejeicao para a hipotese de nulidade fixado num valor menor ou igual a O,05 (5 por cento). Investigou-se a frequencia de correspondencia topografica entre os defeitos campimetricos e as alteracoes da camada de fibras nervosas da retina. Observou-se correlacao significante, mas de forma muito pouco intensa, nas seguintes analises: Primeira analise: GDX total e CV total r2= O, 1156 (11,56 por cento) GDX superior e CV nasal (medial) inferior r2= O, 1156 (ll,56 por cento) GDX inferior e CV nasal (medial) superior r2= O,2025 (20,25 por cento) GDX nasal (medial) e CV temporal (lateral) r= O,0484 (4,84 por cento) GDX superior e CV inferior r2 = O, 1521 (l5,21 por cento) GDX inferior e CV superior r2 = O,2025 (20,25 por cento) ...(au)
Assunto Glaucoma de Ângulo Aberto
Fibras Nervosas
Campos Visuais
Idioma Português
Data 1999
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1999. 103 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 103 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16582

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta