A pentoxifilina pode proteger contra a lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica?

A pentoxifilina pode proteger contra a lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica?

Título alternativo Can pentoxifyllinr improve the ventilatory-induced lung injury?
Autor Oliveira-Júnior, Itamar Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Beppu, Osvaldo Shigueomi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Desde a Introdução da ventilacao mecanica na pratica terapeutica muitos pacientes foram beneficiados, entretanto altos volumes correntes e altos picos de pressao tem levado a um aumento da lesao pulmonar induzida pela ventilacao mecanica. Utilizou-se ratos machos Wistar -UNIFESP/EPM- divididos em quatro grupos: grupo V7s (n=7): ratos ventilados com volume corrente de 7 ml/kg de peso corporal, frequencia respiratoria de 50 respiracoes por minuto e PEEP de 3 cmH2O por 180 minutos com infusao de cloreto de sodio a O,9 por cento (solucao salina); grupo V42s (n=7): ratos ventilados com volume corrente de 42 ml/kg de peso corporal, frequencia respiratoria de 9 e PEEP de 3 cniH2O por 180 minutos com infusao de solucao salina; grupo V42p (n=7): ratos ventilados com volume corrente de 42 ml/kg de peso corporal, frequencia respiratoria de 9 e PEEP de 3 cmH2O por 180 minutos com infusao de pentoxifilina a 5Omg/kg/hora. Todos os animais foram ventilados com FiO2 a 1OO por cento. Apos o sacrificio dos animais foram efetuados a curva pressao-volume, realizou-se o lavado pulmonar para estudo da celularidade e proteinas. Verificamos o peso umido e o peso seco dos pulmoes direitos e o peso umido dos pulmoes esquerdos. Quando houve significancia estatistica os valores foram assinalados com asterisco. Os resultados obtidos, respectivamente, dos grupos V7s, V42s e V42p foram: peso corporal (g) 349,86; 386,43; 359,14; peso umido dos pulmoes direitos (g) I,45; 2,45*; 1,78*; peso seco dos pulmoes direitos (g) O,16; O,24*; O,19*; relacao peso umido/peso seco dos pulmoes direitos 9,06; IO,22; 8,29; proteinas totais (mg) V7s= 9,39; V42s= 52,67*; V42p= 25,69*; proteinas totais/peso seco (mg/g) V7s= 60,43; V42s= 224,19*; V42p= 122,46*. Valores de pH na gasometria arterial nos tempos 20 minutos V7s= 7,36; V42s= 7,38; V42p= 7,34; 10 minutos V7s= 7,36; V42s= 7,36; V42p= 7,35; 90 minutos V7s= 7,48; V42s= 7,36- V42p= 7,31 e 180 minutos V7s= 7,34; V42s= 7,34; V42p= 7,23. Valores de PaO2 (em mmHg) nos tempos 20 minutos V7s= 517,10; V42s= 517,14; V42p= 505,60; 10 minutos V7s= 512,00; V42s= 572,81; V42p= 569,47; 90 minutos V7s= 517,91; V42s= 408,51; V42p= 587,03* e 180 minutos V7s= 542,81; V42s= 190,53*; V42p= 615,77*. Em relacao a PaCO2 (em mmHg) nos tempos 20 minutos V7s= 41,81; V42s= 46,11; V42p= 41,87; 10 minutos V7s= 43,24; V42s= 46,63; V42p= 44,34; 90 minutos V7s= 44,46; V42s= 40,, 54; V42p= 38,76 e 180 minutos V7s= 43,17; V42s= 41,74; V42p= 42,28. As celulas do lavado ...(au)
Assunto Pulmão/lesões
Pentoxifilina
Citocinas
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 111 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 111 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16611

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta