Diversidades fenotipica e genotipica em amostras de Escherichia coli enteroagregativa com variacors no padrao de aderencia e/ou na reatividade com a sonda EAEC

Diversidades fenotipica e genotipica em amostras de Escherichia coli enteroagregativa com variacors no padrao de aderencia e/ou na reatividade com a sonda EAEC

Título alternativo Phenotypic and genotypic diversities in enteroaggregative Escherichia coli strains with variations in the adherence pattern and/ or reactivity with the EAEC probe
Autor Santos, Sergio Suzart dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Amostras de Escberichia coli enteroagregativa (EAEC) tem sido epidemiologicamente associada com diarreia persistente em diversos paises em desenvolvimento e sao identificadas por sua habilidade de produzir um padrao de aderencia agregativo (AA) na superficie de celulas HEp-2 e HeLa e na regiao intercelular de suporte. A maioria dos estudos ate o momento enfocaram na virulencia da categoria EAEC tem analisado amostras que produziam padrao AA tipico e reagiam com a sonda EAEC (pCVD 432). Desta forma, poucas informacoes relativo a presenca de potenciais fatores de virulencia em amostras de E. coli apresentando variacoes no padrao de aderencia AA e/ou defectivo para a sequencia EAEC tem sido reportado. Neste estudo, nos analisamos 26 amostras de E. coli classificadas em 6 grupos distintos, de acordo com variacoes no padrao de aderencia AA e/ou na reatividade com a sonda EAEC. Estes grupos foram classificados como: AA/+ (AA tipico/sonda positiva), AA/- (AA tipico/sonda negativa), D/+ (destacantes/sonda positiva), AAcs/+ (AA preferencialmente na laminula/sonda positiva), AAcs/- (AA preferencialmente na laminula/sonda negativa) e NA/+ (nao aderentes/sonda positiva). Diversas propriedades fenotipicas e genotipicas foram pesquisadas com o proposito de caraterizar e comparar as amostras dentro e entre estes grupos. A habilidade de produzir uma agregado bacteriano (pelicula) na superficie de meio de cultura liquido foi investigado. Esta propriedade foi observada na maioria das amostras EAEC e variantes, entretanto parece que esta caracteristica fenotipica esta principalmente relacionada com amostras que abergam a sequencia EAEC (88,8 por cento versus 55,5 por cento, respectivamente). A reatividade com a sonda pVAP foi avaliada como um metodo alternativo para identificacao de amostras de E. coli pertencentes a categoria EAEC, mas a sensibilidade desta sonda genetica foi similar a da sonda EAEC (l7 por cento). A habilidade de aglutinar diferentes tipos de eritrocitos (humano do grupo sanguineo A, bovino, carneiro, galinha e cobaia) na presenca ou ausencia de D-manose foi tambem investigada. Metade das amostras EAEC deste estudo apresentou atividade hemaglutinante manose-resistente ) pelo menos a um dos 5 tipos de eritrocitos. E interessante destacar que a atividade foi mais frequentemente encontrada entre as amostras que reagiram com a sonda EAEC (64,7 por cento vs. 22,2 por cento nas amostras sonda EAEC negativas), um achado...(au)
Assunto Escherichia coli
Aderência Bacteriana
Diarreia Infantil/microbiologia
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 126 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 126 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16619

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta