Escherichia coli enteroaderente e diarreia aguda e persistente em crianças: um estudo prospectivo de casos e controles em São Paulo

Escherichia coli enteroaderente e diarreia aguda e persistente em crianças: um estudo prospectivo de casos e controles em São Paulo

Título alternativo Adherente Escherichia coli and persistent diarrhea in infants: a prospective study of cases and controls
Autor Carvalho, Rozane de Lima Bigelli Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Quatro padroes de adesao a celulas epiteliais tem sido descritos em amostras de Escherichia coli causadoras de diarreia: adesao localizada (AL), adesao difusa (AD), adesao agregativa (AA) e adesao localizada like (ALL). A maioria dos trabalhos descritos na literatura e concordante em que somente as amostras apresentando o padrao AL (EPEC tipica) estao associadas com diarreia. Tem sido tambem demonstrado que a adesao do tipo AL e especifica dos sorotipos de EPEC associados a diarreia infantil. Amostras apresentando o padrao AD (DAEC) ou o padrao ALL (EPEC atipica), podem estar ou nao associados a diarreia. Amostras de EAEC poderiam estar relacionadas a diarreia persistente, embora em alguns estudos essas amostras tenham sido encontradas em portadores assimptomaticos. Este estudo teve como objetivo analisar a associacao entre os diferentes padroes de adesao de E. coli as celulas HEp-2 com diarreia aguda e persistente. Foram analisadas 40 criancas com diarreia, abaixo de 2 anos de idade, internadas para terapia de reidratacao nos hospitais São Paulo e Darcy Vargas, em São Paulo / SP. Como controles, foram utilizadas fezes de quarenta criancas pareadas por faixa etaria, internadas nestes mesmos hospitais, sem apresentarem quaisquer sintomas gastrointestinais nos trinta dias que precederam a coleta de suas fezes. Foram pesquisados os seguintes enteropatogenos: E. coli causadora de diarreia, Shigella, Salmonella, Yersinia enterocolitica, Campylobacter, Rotavirus, Adenovirus enterico e protoparasitas. Nas amostras de E. coli isoladas foram pesquisados os padroes de adesao (AL, AD, AA, ALL) as celulas HEp-2 e a homologia de seu DNA com as sondas de DNA para AL (EAF, eaeA), AA (sonda EAEC) e AD (sondas Fl845 e AIDA-I). Dos 40 casos de diarreia estudados, 28 apresentaram diarreia aguda (tempo maximo de duracao: 14 dias) e 12, diarreia persistente (tempo de duracao: acima de 14 dias). Os padroes AL e AA foram detectados em amostras de E. coli isoladas de casos de diarreia aguda e persistente com frequencia semelhante, nao tendo sido observados nos controles. Um total de 11,2 por cento amostras de E. coli isoladas foram EPEC tipicas (AL+, eaeA+, EAF+); 5,0 por cento foram EAEC (AA+) e hibridizaram com a sonda genetica EAEC. As amostras de E. coli que apresentaram adesao do tipo AD (DAEC) nao hibridizaram com as sondas geneticas para AD e sua frequencia foi semelhante tanto em casos (1O,O por cento), quanto em controles (7,5 por cento). Amostras ...(au)
Assunto Escherichia coli
Diarreia
Aderência Bacteriana
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 91 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16629

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta