Avaliacao imuno-histoquimica das alteracoes nos receptores de estrogenio e de progesterona provocadas pela quimioterapia primaria em pacientes com cancer de mama no estadio clinico II

Avaliacao imuno-histoquimica das alteracoes nos receptores de estrogenio e de progesterona provocadas pela quimioterapia primaria em pacientes com cancer de mama no estadio clinico II

Título alternativo Immuno-histochemical assessment of the estrogen and progesterone receptors changes determined by primary chemotherapy in stage II breast cancer
Autor Depes, Daniella de Batista Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A quimioterapia primaria vem sendo cada vez mais utilizada nos estadios iniciais do carcinoma da mama com o intuito de reduzir o tumor e assim possibilitar cirurgias mais conservadoras, bem como o controle precoce das micrometastases. Existe grande interesse em averiguar as alteracoes induzidas pela quimioterapia primaria no fenofipo celular. Com esse proposito avaliamos os receptores de estrogenio e de progesterona em 17 tumores primarios de mama, estadio clinico II, obtidos antes e apos a terapia anfiblastica, por metodo imuno-histoquimico (anticorpos ID5 e IA6), utilizando-se o sistema computadorizado de analise digital Kontron Imaging System KS-300, com aumento de 4OOx. Relacionaram-se os valores dos receptores hormonais com o estado menstrual, com a resposta clinica tumoral e com o comprometimento axilar. Houve reducao significante do receptor de estrogenio apos a quimioterapia nas pacientes pre-menopausicas [tempo A=60,3 e tempo B=24,1 I (p=O,O27)] e naquelas que apresentaram resposta clinica do tumor ao tratamento [tempo A=59,1 e tempo B=37,9 (p=O,O3O)]. Observamos aumento significante do receptor de progesterona apos a quimioterapia nas pacientes pos-menopausicas [tempo A=35,3 e tempo B=58,3 (p=O,O23)1. Nao encontramos relacao entre os receptores hormonais e o comprometimento axilar. Nao se sabe se as alteracoes observadas apos a quimioterapia primaria sao apenas alteracoes do fenotipo celular ou se traduzem a expressao de novos clones neoplasicos. Porem se as celulas do cancer alteram a sua aparencia durante a quimioterapia primaria, devemos estar atentos para a necessidade de readaptarmos a nossa estrategia de tratamento, a fim de melhorarmos os resultados
Assunto Neoplasias da Mama/quimioterapia
Receptores Estrogênicos
Progesterona
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 75 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16694

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta