Aplicação de uma curva de ganho de peso para gestantes

Aplicação de uma curva de ganho de peso para gestantes

Título alternativo Application of a weight gain curve for pregnant women
Autor Siqueira, Arnaldo Augusto Franco de Google Scholar
Ciari Junior, Cyro Google Scholar
Mattos, Iara Lucia Brayner Google Scholar
Buralli, Keiko Ogura Google Scholar
Baptista Filho, Malaquias Autor UNIFESP Google Scholar
Schor, Néia Google Scholar
Almeida, Pedro Augusto Marcondes de Autor UNIFESP Google Scholar
Tanaka, Ana Cristina D'andretta Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The authors studied the influence of maternal nutrition on birth weight using anthropometric techniques because these methods are of low cost, and do not need specialized manpower for their application. In the 460 pregnant women attended at a prenatal care service, there was a positive relationship between pre-gestational weight gain during pregnancy, birth weight and gestational age. Babies born from mothers with adequate pre-gestational weight were 296.7 grammes heavier than those of women with insufficient weight. Anthropometric curves for the measurement of maternal weight have been simplified and now this new curve is being tested.

Com a finalidade de estudar a influência do estado nutricional materno sobre o peso do recém-nascido, foi aplicado em 460 gestantes inscritas no Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza o método antropométrico para o diagnóstico do estado nutricional de uma população de gestantes, pois este método é de fácil aplicação e não exige pessoal especializado. Parece existir uma relação positiva entre o peso pré-gestacional, o ganho de peso da gestante durante a gravidez, e o peso ao nascer do concepto, bem como a idade gestacior.al. Observou-se ainda que houve uma diferença de 296,7 gramas a mais no peso dos recém-nascidos de gestante com peso pré-gestacional adequado, que no grupo de gestante com peso pré-gestacional insuficiente. Em trabalhos anteriores descreveu-se a necessidade de se utilizar curvas ponderais para o diagnóstico do estado nutricional materno: a curva que ora se apresenta é mais simples que outras já descritas anteriormente. No momento está sendo testada para se avaliar a sua eficácia.
Assunto Pregnancy
Infant, premature
Infant newborn
Birth weight
Prenatal care
Gestantes
Prematuros
Recém-nascidos
Peso ao nascer
Assistência pré-natal
Idioma Português
Data 1977-06-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 11, n. 2, p. 288-293, 1977.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 288-293
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101977000200014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101977000200014 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/167

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101977000200014.pdf
Tamanho: 1.046Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta