Resultados imediatos da papilo-esfinterotomia endoscópica (com ou sem extração mecânica) para o tratamento da coledocolitiase em pacientes colecistectomizado

Resultados imediatos da papilo-esfinterotomia endoscópica (com ou sem extração mecânica) para o tratamento da coledocolitiase em pacientes colecistectomizado

Título alternativo Immediatily results of the endoscopic sphincterotomy whith or without mecanic extraction to take off stones from the hepatocholedochus aftercholecystectomy
Autor Machado, Magali da Silva Sanches Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Herani Filho, Benedito Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar retrospectivamente os resultados do tratamento endoscopico quanto ao sucesso, inssucesso, complicacoes e mortalidade no periodo intra- hospitalar. A selecao dos doentes obedeceu um a planilha de coleta de dados no qual foram incluidos 36 doentes atendidos no setor da Endoscopia Digestiva da Disciplina de Gastroenterologia Cirurgica da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina - EPM Hospital São Paulo, no periodo de abril de 1981 a agosto de 1998. Os doentes foram submetidos ao tratamento endoscopico (papilo-esfinterotmia com ou sem extracao mecanica) para retirada de calculos do hepatocoledoco pos-colecistectomia. O sexo feminino esteve representado por 75 por cento dos pacientes. A media das idades foi de 53 anos. O quadro clinico de internacao esteve representado por dor abdominal 94,4 por cento), ictericia (52.7 por cento),vomitos (33.4 por cento) , febre (27,7 por cento). Sendo o diagnostico de certeza de litiase pos-colecistectomia realizado atraves da colangigrafia pelo dreno biliar ou retrograda endoscopica. A largura do coledoco foi obtida em 28 ( 77.8 por cento) doentes sendo 23 (82.1 por cento) menor ou igual a 10 mm . O numero dos calculos foi descrito em 32 ( 88.9 por cento ) e em 18 56.2 por cento) havia apenas um calculo. O tamanho dos calculos foi obtido em 28 77.8' por cento ) e em 23 ( 82.1 por cento ) eram menores ou igual a I Omm. O sucesso foi obtido em 33 (91.6 por cento ) pacientes sendo necessarios em 22 (66.7 por cento) um procedimento porem em 11 (3 3.3 por cento)necessitaram de dois ou mais. O insucesso ocorreu em 3 (8.4 por cento) dos pacientes, sendo todos tratados por derivacao bilio-digestiva. As complicacoes ocorreram em 8 e foram as seguintes: pancreatite (5), pneumonia (2), colangite (1), hemorragia (1), topdas foram tratadas clinicamente. A letalidade ocorreu em 1 (2.7 por cento)
Assunto Cálculos biliares
Endoscopia
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 87 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 87 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16704

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta