Efeitos do nivel economico e das infeccoes leve e moderada por geo-helmintos sobre o estado nutricional relativo ao zinco e ao ferro em escolares

Efeitos do nivel economico e das infeccoes leve e moderada por geo-helmintos sobre o estado nutricional relativo ao zinco e ao ferro em escolares

Título alternativo Effects of the economic level and of light and moderate infecting by geohelminths on the nutritional status regarding zinc and iron in schoolchildren
Autor Santana, Monica Leila Portela de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Em 117 escolares (com media de idade de IO,4 anos) da rede publica de ensino, da cidade de Jequie, Bahia, portadores de infeccoes leve e moderada por A. lumbricoides, T. trichiura e ancilostomideos, foram determinadas a prevalencia da intensidade das infeccoes e as caracteristicas socioeconomicas das familias dos escolares e analisados os efeitos das condicoes economicas e a intensidade das infeccoes sobre o estado nutricional relativo ao zinco e ao ferro. O grupo controle foi composto por 51 escolares nao infectados por geo-helmintos. Utilizaram-se o indice de Massa Corporal (IMC) para avaliar a antropometria, o metodo recordatorio de 24 horas para determinar a inGestão dietetica de zinco e ferro e o programa Virtual Nutri para o calculo da inGestão destes minerais, a espectrofotometria de absorcao atomica para analise do zinco serico, o metodo da cianometa-hemoglobina para determinar a concentracao de hemoglobina e o kit ln Vitro Diagnostica para obter os valores de ferro serico e Capacidade Total de Fixacao do Ferro (TIBC). Foi encontrado que 42 (36,2 por cento) escolares abrigavam T. trichiura, 16 (l3,8/o) A. lumbricoides, 2 (l,7 por cento) ancilostomideos, 45 (38,8 por cento) T. trichiura e A. lumbricoides, 2 (1,7 por cento) A. lumbricoides e ancllostomideos, 3 (2,6 por cento) T. trichiura e ancilostomideos e 6 (5,2 por cento) os tres geo-helmintos. Observou-se que o grupo parasitado apresentou pior condicao socioeconomica do que o grupo controle e, quanto ao IMC, nao houve diferenca significante entre os grupos. Foram diagnosticados como anemicos 51 (45o/o) escolares do grupo parasitado, sendo achada maior frequencia de anemia (52 por cento) na renda < O,25 SMPC, e no grupo controle 10 (21,3O/o) escolares. II,9 por cento dos escolares do grupo parasitado e 1O,2 por cento do grupo controle apresentaram valores de ferro serico inferiores a 45 mg/dL e em 18 por cento e 32 por cento dos escolares, dos respectivos grupos, percentagem de saturacao da transferrina foi menor que 16 por cento. A analise dos resultados mostrou que houve maior prevalencia de infeccao por T. trichiura, que a intensidade leve apresentou maior frequencia do que a moderada pelos tres geo-helmintos e que o baixo nivel economico foi associado a este tipo de infeccao. Alem disso, concluiu-se que nao existiu comprometimento do nivel serico de zinco e que o baixo nivel economico parece ter maior importancia na determinacao da anemia do que as ...(au)
Assunto Infecção
Helmintos
Zinco
Ferro
Anemia Ferropriva
Estado Nutricional
Classe Social
Renda
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 122 p. ilustabgraf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 122 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16716

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta